CIDADES

Ceará registra 20.834 mortes e 815.740 casos de Covid-19

Edição Impressa
Tipo Notícia Por
O Hospital Estadual Leonardo Da Vinci tem 47 leitos de UTI ativos para adulto, dos quais 36 estão ocupados. (Foto: JÚLIO CAESAR)
Foto: JÚLIO CAESAR O Hospital Estadual Leonardo Da Vinci tem 47 leitos de UTI ativos para adulto, dos quais 36 estão ocupados.

Oito dias após ultrapassar oficialmente as 20 mil mortes por Covid-19, o Ceará registrou, nesta quinta, 3, o total de 20.834 óbitos acumulados desde o início da pandemia no Estado. Outros 739 óbitos são considerados suspeitos. Além disso, 815.740 casos da doença já foram confirmados, e 102.211 estão em investigação.

Os dados são do IntegraSUS, plataforma da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), e foram atualizados às 13h41min de ontem. Foram incluídos 114 óbitos e 6.132 casos confirmados, em comparação com a última atualização feita na quarta, 2.

A Capital concentra 41,1% dos óbitos e 29% dos casos até o momento. São 8.569 mortes e 237.192 diagnósticos positivos para Covid-19. A letalidade da doença, em Fortaleza, é de 3,6.

Considerando o Ceará como um todo, a letalidade é de 2,6. O indicador refere-se ao número de mortes causadas por determinada doença em relação ao número de pessoas que foram infectadas por ela.

Ainda segundo informações da plataforma, atualmente há 949 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ativos no Estado, e 89,5% deles estão ocupados. Quando se observa apenas os leitos para adultos, a taxa de ocupação é de 92,3%. Às 19h11min de ontem, 170 pessoas estavam na fila de espera por vagas em UTI no Estado.

O Hospital Estadual Leonardo da Vinci (HELV), por exemplo, é a unidade com mais leitos de UTI adulto ativos e tem 171 dos 175 deles ocupados (97,7%). Na enfermaria adulto, 89 das 110 vagas estão ocupadas (80%).

Segundo com mais leitos disponíveis para esse perfil de paciente, o Hospital Regional da Unimed (HRU) tem 92 dos 110 leitos ocupados — ou 83,6%. Na enfermaria adulto, 119 dos 175 leitos estão ocupados (68%).

No último domingo, 30, o Estado ultrapassou 800 mil casos da infecção. No sábado, 29, foram incluídos no sistema mais de 6,4 mil confirmações, o que corresponde ao maior acréscimo em 26 dias. Quatro dias antes, na quarta-feira, 26, o IntegraSUS mostrava que o total de óbitos causados pela Covid-19 e registrados naquele dia era de 20.138. (Gabriela Custódio)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais