CIDADES

Vacinação pode avançar sem atingir 90% da meta de cada faixa etária

Decisão deve acelerar a campanha de imunização contra a Covid-19 no Ceará
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Com a decisão, os municípios podem iniciar a vacinação, por exemplo, de pessoas de 44 a 49 anos, sem obrigatoriamente ter vacinado 90% do grupo de 50 a 59 anos (Foto: Aurelio Alves/O Povo)
Foto: Aurelio Alves/O Povo Com a decisão, os municípios podem iniciar a vacinação, por exemplo, de pessoas de 44 a 49 anos, sem obrigatoriamente ter vacinado 90% do grupo de 50 a 59 anos

A Comissão de Intergestores Bipartite (CIB) do Ceará revogou o texto que obrigava a cobertura vacinal contra a Covid-19 de pelo menos 90% de um grupo para avançar a vacinação do grupo seguinte. Com a decisão, os municípios cearenses podem iniciar a vacinação, por exemplo, de pessoas de 44 a 49 anos sem obrigatoriamente ter vacinado 90% do grupo de 50 a 54 anos. Isso poderá acelerar a campanha de imunização no Estado nas próximas semanas.

A medida estava prevista no 5º parágrafo da resolução nº66/2021 da CIB, de 1º de junho de 2021, e foi anulada pela comissão na última sexta-feira, 11, por meio da assinatura de uma nova resolução: nº 77/2021. Ambas as resoluções estão publicadas no portal do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems/CE): confira aqui.

LEIA MAIS | Ceará deverá ser o primeiro estado do Brasil a vacinar 100% da população

Conforme o texto da resolução anterior, o início da vacinação da população em geral estava autorizado sempre que a meta de cobertura vacinal fosse atingida no percentual de 90% na faixa etária anterior. O POVO procurou a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) para saber se, com a anulação da medida, a ordem de agendamentos será modificada e aguarda resposta.

Além disso, a Comissão de Intergestores Bipartite (CIB) foi procurada para esclarecer sobre o porquê da revogação da medida, mas não obteve resposta sobre o assunto.

Vacinação no Ceará


Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, mais de 80 municípios estão aptos a iniciar a vacinação do público geral, de 18 a 59 anos. 

LEIA MAIS | Ceará prevê vacinar toda a população até 18 anos até agosto: confira data prevista para cada idade

 + Ceará tem 11,88% da população vacinada com as duas doses contra Covid-19

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital. Em Fortaleza, como forma de intensificar o número de pessoas cadastradas na plataforma, a Prefeitura da cidade anunciou na última quinta-feira, 10, o mutirão para cadastro da vacinação em 30 locais na Capital. A mobilização busca realizar o cadastramento de pessoas que não conseguiram efetivar o processo por falta de recursos, como internet e equipamentos eletrônicos, ou que não sabem como se cadastrar. 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais