CIDADES

Carioca é preso no Pirambu suspeito de ser conselheiro de facção e articular onda de ataques

"Negão" seguia na posição de chefia, dando ordens para homicídios e acirrando a disputa por territórios de inimigos tanto no Pirambu como em Caucaia,
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
INCÊNDIOS DE ÔNIBUS aconteceram na Capital e interior (Foto: MAURI MELO)
Foto: MAURI MELO INCÊNDIOS DE ÔNIBUS aconteceram na Capital e interior

Carioca suspeito de ser o conselheiro de uma facção criminosa atuante no Ceará foi preso pela Polícia Civil no Pirambu. Daniel Belmiro José Rodrigues, 49, era conhecido como Negão, de acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) nessa quarta, 21. Ele é apontado como principal articulador das ações criminosas contra patrimônios públicos e privados, em 2019, no Estado.

Na ação, dois aparelhos celulares, um veículo e uma quantia em dinheiro foram apreendidos. A Polícia Civil investiga o envolvimento do Daniel no uso de explosivos em crimes contra o patrimônio público e privado em 2019 no Estado.

Ele foi solto em abril de 2021 e continuava cometendo crimes, indicam as investigações. Já respondia por associação criminosa, extorsão mediante sequestro, roubo, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e restrito.

Conforme apurações, "Negão" seguia na posição de chefia, dando ordens para  homicídios e acirrando a disputa por territórios de inimigos tanto no Pirambu como em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

As investigações mostram ainda a participação do suspeito na aquisição de explosivos que foram utilizados nos crimes contra patrimônios realizados em 2019. Com a nova detenção, ele foi autuado em flagrante por integrar organização criminosa.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais