Logo O POVO Mais
CIDADES

Chuvas registradas no Ceará este ano já superam janeiro inteiro de 2021

|PRÉ-ESTAÇÃO| Em todas as macrorregiões do Estado, os acumulados de chuvas dos primeiros 13 dias de 2022 são maiores do que o intervalo mensal do ano passado
Edição Impressa
Tipo Notícia
NA REGIÃO do Litoral de Fortaleza o acumulado de chuva em janeiro é de 131 milímetros (Foto: FABIO LIMA)
Foto: FABIO LIMA NA REGIÃO do Litoral de Fortaleza o acumulado de chuva em janeiro é de 131 milímetros

As chuvas  registradas nos 13 primeiros dias de 2022 no Ceará já superam o volume observado em todo o mês de janeiro do ano passado. É o que mostra o Calendário de Chuvas, da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os dados apontam que, até esta quinta-feira, dia 13, a média de pluviometria dos 184 municípios do Estado chegava a 88,1 mm, quase o dobro dos 45,9 mm contabilizados no intervalo mensal do ano anterior.

Como ainda faltam mais de quinze dias para o mês acabar, a expectativa é que o volume de chuvas cresça ainda mais e ultrapasse a normal climatológica prevista para o período (98,7 mm). Segundo a Funceme, o estado apresenta condições favoráveis para a ocorrência de novas precipitações pelo menos até o próximo sábado, 15. As chances de chuvas são válidas para todas as macrorregiões, principalmente o Centro-Sul.

De acordo com o órgão, o cenário é influenciado por sistema meteorológico conhecido como Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), que atua sob a região Nordeste do País desde o começo deste ano. A formação de áreas de instabilidade, além de efeitos locais como temperatura, relevo e umidade também são fatores que podem favorecer a ocorrência de mais chuvas no Estado.

Das oito macrorregiões cearenses, o Maciço do Baturité foi a que teve o começo de ano mais chuvoso, com acumulado parcial de 147 mm. Depois aparecem o Cariri, com 135 mm, e o Litoral de Fortaleza, com 131 mm. Ibiapaba (89 mm), Litoral do Pecém (88 mm), Sertão Central e Inhamuns (77%), Jaguaribana (74 mm) e o Litoral Norte (72 mm) também registraram bons volumes. Em todas as divisões territoriais do Estado, o nível de chuvas registrado até agora já supera todo o mês de janeiro do ano passado.

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"