Foto de Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

Alan Neto esportes

... A bola rolou


- CANETA na mão, primeira medida que tomaria seria acabar com vantagem disso ou daquilo em decisão de campeonato.


- LEVANDO em conta que clássico é clássico, mais emocionante se tornaria se fosse no pau a pau.
 

- DOIS jogos, ou três, como nas antigas, inesquecível melhor de três, quem levasse a melhor ganharia o caneco.
 

- CASO de três empates, como ficaria, cara-pálida? Decisão por pênalti ou gol de ouro, que nunca deveriam ter acabado.
 

- INVENÇÕES em regulamento, vertidas de alguma cabeça de bagre, só fazem barafundar cabeça do torcedor.
 

- EXEMPLO da decisão que começou ontem à noite, vantagem de gol, acaba perdendo a graça um pouco da conquista.
 

- MAIS um exemplo. Dois empates, que graça tem ser campeão por conta de dois empates ou resultados iguais?
 

- MANIA de querer complicar o simples, pelo mórbido prazer de bancar o gênio...porém do mal. Nosso, então, tá cheio.
 

SUMINDO, SUMINDO...
 

CASTELÃO ontem à noite para apenas 42 mil pagantes, quando sua capacidade, a partir da maldita Copa dos 7x1, foi reduzida pra 64 mil. Mais adiante encolheu pra 53 mil, por conta das cadeiras quebradas. Até hoje nem Ceará, nem Fortaleza pagaram prejuízo. E sabem quando pagarão? Nunca...
 

SEGREDOS EXAGERADOS
 

... SÓ pra fazer pinimba com imprensa, que cartolas e técnicos de futebol odeiam, última invenção é um primor de calhordice.
 

... NÃO se divulga número de atletas concentrados, mesmo que cheguem ao exagero de 23 durante dois dias.
 

... O QUE fazem 23 homens, espécie de prisão domiciliar ao longo de 48 horas? Conversando miolo de pote, fofocando, jogando baralho, vendo TV ou com celular no mundo...
 

RISCADO DO MAPA
 

- FAZIA bom tempo, num só campeonato nosso clássico maior não era jogado quatro vezes, há dois anos não decidiam.
 

- CAMPEONATO que se preza tem sempre que terminar com clássico, pra encher estádio, jamais grande contra pequeno, que, além de não ter torcida, perde a graça, pois zebra não acontece.


- QUE memória prodigiosa poderia me ajudar informando qual foi último pequeno ou médio a ganhar um título?
 

LIMITE DA SORTE
 

- SÓ em ter chegado aonde chegou, enchendo os cofres vazios de muito dinheiro, goleada do Atlético Mineiro ontem a noite sobre o Ferroviário, fê-lo parar na Copa do Brasil. Toda sorte tem limite, embora o azar muitas vezes seja ilimitado.
 

- OUTRA patinada desta Copa desengonçada é obrigação da partida de volta mesmo após goleada. Ferrão foi longe até demais. Nem Santo Elesbão, padroeiro dos desesperados, o salvará. Resta-lhe, agora uma tal de Série D outra invenção da CBF. Inferno de Dante perto dela é fichinha...

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais