Foto de Alan Neto
clique para exibir bio do colunista

Colunista do O POVO, Alan Neto é o mais polêmico jornalista esportivo do Ceará. É comandante-mor do Trem Bala, na rádio O POVO/CBN e na TV Ceará. Aos domingos, sua coluna traz os bastidores da política e variedades.

Alan Neto esportes

O fundo do poço


DEU o que já era esperado. Ceará mais uma vez derrotado, com a diferença de que a vitória do Cruzeiro (1x0) o levou para desgraçado fundo do poço, a última colocação, assumindo o posto que, pelo menos até ontem, era o Paraná.


QUEM resolveu ir ao Castelão não teve outra alternativa senão a de ver o Alvinegro, mais uma vez, quebrar a bola, jogar pedra na lua. Que outra opção teria senão a de vaiar? Vaias e protestos já se tornaram lugar-comum.


MENOS que o Cruzeiro seja um time brilhante. Não é. Diferença está na folha salarial e na qualidade do elenco. O Cruzeiro não brilha, não dá show de bola, faz simplesmente o trivial variado.


NA circunstância atual qualquer um vence o Ceará. Tanto faz no Castelão quanto fora. A ruindade do time é a mesma.


CAMINHO PERIGOSO


- SÓ não tendo mais para onde ir, nem para quem apelar, o técnico Jorginho enveredou pelo perigoso caminho de inventar. Invenção como apelação, a emenda sai pior que o soneto. Aí fez foi desonerar. O que já era ruim ficou pior.


- CONTRA o Cruzeiro, ontem, lançou um mal ajambrado 3-5-2.Em campo, ninguém sabia o que fazer. Uma caricatura.


ATÉ ONDE VAI O LIMITE


... TENTAR mudar o que já está ruim, qualquer técnico que chega quer mostrar serviço. O que atrapalha é a péssima qualidade técnica do elenco. Jorginho não é milagreiro.


... CEARÁ só tem aquilo. E pronto. Quem vier que se vire, dê seu jeito. Em que fogueira se meteu o coitado do Jorginho. Com ele nada mudou. Se for o caso, mudou para muito pior.


... MENOS mal tenha pegado o Cruzeiro não chegado a goleadas. Se perder só de 1x0 não é feio, fica como consolo...


ROSÁRIO DE VITÓRIAS


FORTALEZA continua na sua marcha vitoriosa, passando por cima de qualquer adversário que se lhe apareça à frente.


SAMPAIO Corrêa, mais uma vítima feita do rosário tricolor de vitórias. Apesar de só 1x0, placar que não refletiu a visível superioridade do Fortaleza. Se fosse de 3 ou 4 seria pouco.


SÓ que o time maranhense resolveu apelar para a arcaica armadilha da retranca. Contanto conseguisse arrancar um empate ou, num lance fortuito, vencer.


TIRO pela culatra. Quem joga na retranca está pedindo para perder. Sampaio Correia foi, gentilmente(?) atendido...


OLHAR DE LÍNCE


(1) - GUSTAVO, o Gustagol, ampliou sua artilharia para 22 gols, flanando como o número 1 do futebol brasileiro.


(2) - EDINHO virou xodó da torcida tricolor. É pegar na bola, sair driblando quem encontra pela frente para levar o torcedor à loucura. Passe foi meio gol de Gustavo.


(3) - DO lado de fora, nas arquibancadas, a torcida do Fortaleza fez a festa, surpreendendo com dois mosaicos, um dos quais coim as cores do Brasil, na busca pelo hexa.


(4) - APOSTA dos 50 mil pagantes não foi atingida, embora o público de 39 mil levou o Fortaleza também ao pódio de o maior, até agora, da Série B.


(5) - EXCELENTE sacada, inédita até, do setor de marketing, que o time jogasse com a camisa amarela, em homenagem ao Brasil, próximo a entrar na dança da Copa do Mundo.


(6) - FICOU mais uma vez a lição, aliás a mais simples e rudimentar do futebol. Time que quer vencer o melhor caminho é jogar pelas pontas, num agudo e intenso 4-3-3. E se tem na área um artilheiro com faro de gol o caminho fica mais fácil. O da vitória, evidente. Só não aprende esta lição quem tem a mania de inventar. Ou, se for o caso, complicar o simples.

 

VEJA MAIS: FORTALEZA - A FORÇA DA MELHOR DEFESA DA SÉRIE B | NA PRANCHETA #19

[VIDEO1] 


Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais