Foto de Sérgio Redes
clique para exibir bio do colunista

O ex-jogador Sérgio Redes, ou

O Clássico-rei


Escrevo sem saber o resultado do Clássico-Rei de ontem à noite porque entrego a crônica antes de 21 horas. São justas essas partidas finais pela campanha realizada pelas duas equipes, que já garantiram classificação para o ano que vem nas copas do Nordeste e do Brasil.


Nesse tempo de clássicos decisivos, costumo receber ligações de companheiros da imprensa esportiva solicitando depoimentos sobre alguns desses jogos, relatando fatos que tenham ficado na minha memória. Já me pediram para entrar no túnel do tempo e recordar determinada época.
 

Sempre me incomodou essa guerrinha de bastidores onde este ou aquele personagem apontava um favorito. Pensava que isso tinha desaparecido, mas eis que de repente o técnico Rogério Ceni mexe no baú e considera o Ceará favorito para conquistar o título.


E o pior! Diz que pegaria muito mal para uma equipe que tem um elenco superior e vai disputar a série A perder o campeonato. Bobagem em cima de bobagem. Na realidade, os dois técnicos fizeram um bom trabalho, e a obrigação dos dois era levar suas equipes para as finais.
 

Nenhum deles está com a cabeça a prêmio, tipo perdeu o título está demitido. Nessa disputa, o Ceará leva uma mínima vantagem por conta de um bom entrosamento adquirido por uma convivência maior entre a maioria do seu time titular, que vem desde o ano passado.
 

Por outro lado, se o Fortaleza não está entrosado, deve-se às constantes modificações feitas por seu próprio técnico. Raramente a equipe se repete. E aí temos uma estratégia pessoal na tentativa de surpreender os adversários que nem sempre dá certo.
 

A equipe alvinegra já está escalada. A do Fortaleza ninguém sabe. Assisti ontem, antes dos jogos, alguns companheiros especulando sobre qual o sistema a ser utilizado, quais jogadores teriam saído do departamento médico e qual time realmente entraria em campo.
 

Tenho uma leve suspeita de que o Fortaleza vai se organizar nas tentativas de um contra-ataque veloz. Beneficiado pela derrota do Ceará diante do Uniclinic, que lhe abriu as perspectivas de jogar por dois resultados iguais, os leões não jogarão fora essa vantagem.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais