Economia

Grandes projetos vão impactar o PIB do Ceará em 2018

Edição Impressa
Tipo Notícia Por

Para o presidente do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, os grandes projetos que começam a rodar de forma mais efetiva neste ano, como os novos voos internacionais, a expansão da Zona de Processamento de Exportação do Pecém (ZPE), a parceria com Rotterdã para o Porto do Pecém, são fatores que vão transbordar para economia como um todo e garantir que o Estado continue crescendo acima da média brasileira.


Ele diz que este cenário, aliado a uma boa situação fiscal do Estado, é o que podem garantir uma retomada econômica mais sólida que o ciclo econômico anterior.


O analista de políticas públicas do Ipece, Nicolino Trompieri, reforça que a boa previsão de chuvas para este ano favorece a agropecuária. “E este é um setor que transborda para todos os demais”. Ele pondera, no entanto, que crises políticas ou medidas, como a oneração dos setores, podem influenciar neste ciclo.


Para tentar antever eventos que possam influenciar o processo de retomada da economia, o Ipece lançou ontem um edital para contratação de uma consultoria. O estudo, que terá duração de cinco meses, vai analisar em que medida o comportamento do ciclo econômico cearense acompanha ou se descola da economia brasileira e quais fatores podem atrapalhar este desenvolvimento dos setores. “Este estudo vai dar mais previsibilidade de quando uma recessão vai acontecer e assim o Governo pode agir de forma antecipada para minimizar danos”, afirma Ataliba.

 

OS INVESTIMENTOS

Os projetos a impactar no PIB deste ano são os novos voos internacionais, a expansão da Zona de Processamento de Exportação do Pecém (ZPE), a parceria com Rotterdã para o Pecém

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais