Economia

Centro de Inovação do Empreendedor será inaugurado em novembro

Iniciativa do Sebrae em parceria com a Acate-SC será incremento para o ecossistema de inovação do Ceará
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
 A Iniciativa é uma parceria do Sebrae-CE com a Acate de Santa Catarina (Foto: Divulgação/Sebrae-CE)
Foto: Divulgação/Sebrae-CE  A Iniciativa é uma parceria do Sebrae-CE com a Acate de Santa Catarina

O ecossistema de inovação do Ceará ganhará um reforço com a inauguração do Centro de Inovação do Empreendedor. A inauguração do espaço localizado no atual Centro de Negócios do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae-CE), na avenida Monsenhor Tabosa, está prevista para novembro. A iniciativa é uma parceria do Sebrae-CE com a Associação Catarinense de Tecnologia - Acate, que é a principal representante do empreendedorismo inovador em Santa Catarina, apoiando ecossistemas de ponta a ponta, desde startups até conexões com empresas de tecnologia.

LEIA TAMBÉM | Entenda o que muda com o novo Marco Legal das Startups

O plano prevê que o equipamento esteja conectado com todo ambiente de inovação do Ceará, interligando todas as regiões para o lançamento de produtos, serviços e ideias para serem implantadas no próprio Estado, como também exportadas para outras regiões.

O alvo da parceria é a maturação de um polo de investimento no Ceará para incubar 3 mil startups em dois anos. De acordo com o diretor técnico do Sebrae-CE, Alci Porto, destaca que há dez anos a instituição tem trabalhado junto de universidades, principalmente, para desenvolver o empreendedorismo voltado a negócios inovadores, trocando informações e auxiliando.

Alci destaca que em muitas dessas instituições de ensino superior e técnico, já são postas em prática semanas de empreendedorismo inovador, salas de diálogos. "O papel dessa parceria é formar uma agenda que proporcione o desenvolvimento de ações inovadoras."

A sanção do Marco Legal das Startups, continua Alci, veio para melhorar um ambiente de negócios pouco atento às iniciativas inovadoras, inclusive do ponto de vista legal. "Tudo isso traz a possibilidade para encontrar um ambiente legal mais favorável. Não é o ideal, mas é bem melhor do que o ambiente anterior baseado nas empresas analógicas em que a relação com o mercado não tem nada parecido com o que as startups se propõem."

É nesse ambiente que o Centro de Inovação deve ser inaugurado. O diretor do Sebrae-CE ainda revela ao O POVO que iniciativas regionais são preparadas para formar ecossistemas em Sobral, Quixadá e Juazeiro do Norte para que as demandas locais sejam o foco.

"Estamos organizando o ecossistema para que os estudantes estejam focados em soluções regionais, que possam trazer impactos positivos para a região em que estão inseridos". (Colaborou Alan Magno / Especial para O POVO)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais