Economia

Todos os 184 municípios do Ceará estarão com Wi-Fi gratuito até março de 2022, segundo Etice

Os pontos de acesso gratuitos começarão a ser implementados pelas mais de 70 cidades do Estado que já fazem parte do Cinturão Digital (CDC)
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Governo prometeu detalhar os pontos de acesso de internet gratuita nos municípios nesta quarta-feira, 15 (Foto: Arquivo)
Foto: Arquivo Governo prometeu detalhar os pontos de acesso de internet gratuita nos municípios nesta quarta-feira, 15

Após ser anunciado há um mês, o programa Ceará Conectado começa a ser implementado. Os primeiros municípios que terão Wi-Fi gratuito, inicialmente em sua praça principal, serão os já conectados ao Cinturão Digital, o CDC. Segundo a Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), hoje são 73 cidades já dentro do Cinturão, ou seja, com estrutura de fibra ótica do Estado, e 111 que ainda precisam ser inseridos.

"Vamos trabalhar com o nosso Cinturão Digital e com a ampliação dele (para desenvolver o Ceará Conectado)", disse em exclusiva ao O POVO o presidente da EticeLassance de Castro. "Dos 111, alguns têm fibras dos nossos parceiros, como Brisanet, Wirelink, Mob, mas queremos ficar independentes do consórcio, que acaba em 2030. Os 184 municípios terão, assim, fibras da Etice." 

Castro chega mesmo a acreditar que a Etice, responsável pelas medidas necessárias para a implementação do serviço, possa conseguir reduzir o prazo de março em dois meses. "Se a gente apertar mesmo, eu acredito que em janeiro a gente já tenha todos os municípios com Wi-Fi na praça principal."

Para as primeiras cidades a experimentarem Wi-Fi gratuito em suas praças, bastará a instalação de postes, processo a ser feito em parceria com a Enel, e mais a liberação de sinal de Internet para os moradores do local. "Em paralelo, vamos colocando fibra nos outros 111 municípios. A prioridade serão os (locais) com maior população", adianta Castro.

Ontem, o governador Camilo Santana - que sancionou na sexta-feira, 10, lei que estabelece a instalação do Ceará Conectado - anunciou pelas mídias sociais que hoje será feito o detalhamento dos municípios a serem beneficiados na primeira etapa de instalação e em quais locais das cidades beneficiadas serão disponibilizados os pontos de acesso gratuito.

O projeto faz parte da consolidação de um novo hub de desenvolvimento no Ceará, com foco em conectividade e infraestrutura de dados, que começou a ser construído com a instalação de Data Centers no Estado

"Temos hoje no Ceará a maior rede pública de fibra ótica do Brasil, e somos o segundo lugar mais conectado do mundo, por meio dos cabos submarinos. A ideia é levar essa conexão para todos os 184 municípios cearenses", argumentou ainda o governador.

 

 

Entre os municípios que já estão sendo alvos de estudos para implementação dos pontos de acesso gratuito estão: Maranguape, Pacajus, Horizonte, Acaraú, Chaval. O foco é permitir que todas os órgãos de gestão e administração públicos das cidades cearenses possuam internet gratuita, com fornecimento do Estado. 

"Essa rede poderá servir as prefeituras dos municípios, as escolas, aos órgãos municipais. A conectividade nas praças centrais do municípios", projeta Camilo ao mencionar que os locais exatos da instalação dos pontos de acessos serão decididos por meio de reuniões com cada prefeitura. 

Para sexta-feira, 17, está marcada reunião da Etice e da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) com a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) para apresentar o Ceará Conectado e dar início a discussão de parcerias com as cidades. A ideia é que a Etice explique o que poderá ser feito em cada localidade a partir da chegada de fibras óticas e Wi-Fi, seja para as áreas da Educação, Saúde, Gestão de Recursos Humanos.

Segundo a Etice, o projeto tem como investimento R$ 60 milhões para a instalação das fibras e mais R$ 100 mil mensais para manutenção, esta sendo feita pela própria Empresa de Tecnologia.  

(Colaborou Alan Magno)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais