Esportes

Clássico-Rei na Copa do Brasil: desfalques, cota de classificação e Vojvoda x Guto

Jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil ocorre amanhã entre Ceará e Fortaleza. Há muito em disputa.
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Fortaleza e Ceará se reencontram na temporada (Foto: Aurélio Alves/O POVO)
Foto: Aurélio Alves/O POVO Fortaleza e Ceará se reencontram na temporada

O quarto encontro, e mais importante até aqui, entre Fortaleza e Ceará na temporada ocorre em plena terceira fase da Copa do Brasil, amanhã, no Castelão. Inédito e histórico, o duelo vale vaga para as oitavas de final e R$ 2,7 milhões de cota pela classificação.

Leão e Vovô se enfrentarão em jogos de ida e volta para saber quem avança para a próxima fase. A segunda partida está marcada para dia 10 de junho, novamente no Castelão. Não há gol qualificado.

Conforme o regulamento, em caso de empate em pontos ganhos entre os clubes ao final dos embates, o desempate será definido observando os seguintes critérios: 1º - maior saldo de gols; 2º - cobrança de pênaltis.

Leia também > Clássico-Rei na Copa do Brasil: classificação vale quase R$ 3 milhões

As duas equipes vivem momentos positivos após vencerem na estreia na Série A do Campeonato Brasileiro. O Fortaleza reforçou o cenário em alta desde a chegada de Juan Pablo Vojvoda e bateu o Atlético-MG por 2 a 1, fora de casa. O Ceará recebeu o Grêmio no Castelão e superou o time gaúcho por 3 a 2, atuando com reservas.

O então inédito capítulo da história do Clássico-Rei na Copa do Brasil carrega retrospecto distintos entre os rivais em 2021. O clube do Pici está invicto contra o maior adversário após três confrontos, com dois empates e uma vitória. O último resultado, empate sem gols na final do Campeonato Cearense, garantiu o tri para o Leão.

Para o reencontro, os técnicos Juan Pablo Vojvoda e Guto Ferreira terão problemas para armar seus times titulares. Do lado alvinegro, a situação é mais complicada.

Leia também > Vojvoda x Guto: treinadores se reencontram em Clássico-Rei decisivo na Copa do Brasil

O atacante Steven Mendoza cumpre suspensão preventiva pela confusão na final da Copa do Nordeste e está fora do confronto decisivo. Já o zagueiro Messias não pode atuar por ter disputado a competição pelo América-MG. O defensor esteve em campo na vitória do Coelho por 1 a 0 sobre o Treze, na primeira fase do torneio.

Gordiola pode ter dupla de zaga inteiramente formada por reservas. O zagueiro titular e capitão da equipe, Luiz Otávio, se recupera de entorse no tornozelo e joelho e pode desfalcar o Vovô no Clássico-Rei.

Além do defensor, outros três jogadores do setor ofensivo são dúvidas. Felipe Vizeu, Jael e Lima tratam de desconforto muscular na parte posterior da coxa direita.

Do lado tricolor, o zagueiro Marcelo Benevenuto, assim como Messias, não pode mais atuar na Copa do Brasil. O defensor disputou a competição pelo Botafogo. Ele entrou em campo na goleada do Botafogo por 5 a 0 em cima do Moto Club, na primeira fase do torneio.

O zagueiro Jackson, que se encontrava no Departamento Médico, está em fase de transição após estiramento do ligamento colateral lateral do joelho esquerdo. Além dele, o defensor Juan Quintero é tratado como dúvida por desgaste físico.

No duelo de pranchetas, Vojvoda está invicto contra Guto após dois duelos, com vitória na fase de grupos e empate na final do Estadual. O terceiro embate entre os treinadores ocorrerá num espaço de menos de um mês.

O argentino ainda não completou nem 30 dias à frente do Tricolor, mas ostenta resultados positivos. São cinco triunfos e um empate. Gordiola completará 80 jogos no comando do Vovô no Clássico-Rei. Ele soma 37 vitórias, 20 empates e 22 derrotas.

Leia também > Em duelo inédito na Copa do Brasil, Fortaleza e Ceará fazem décimo Clássico-Rei sem público

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais