Esportes

Após dez dias de preparação, Ceará deve ter novidades diante do vice-lanterna Grêmio

Novo técnico do Vovô, Tiago Nunes aproveita período de treinos antes da partida contra seu ex-clube para implementar modelo de jogo e sinaliza mudanças em todos os setores da equipe
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Erick deve ter a primeira oportunidade como titular do Ceará (Foto: Felipe Santos/cearasc.com)
Foto: Felipe Santos/cearasc.com Erick deve ter a primeira oportunidade como titular do Ceará

A brecha no calendário provocada pelo adiamento do confronto diante do Palmeiras-SP, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, serviu para o Ceará ganhar maior intervalo de tempo para treinos e se adaptar à metodologia da nova comissão técnica, comandada por Tiago Nunes. Após dez dias de intensa preparação, o Vovô encara o Grêmio-RS às 11 horas de amanhã, em Porto Alegre, pela 20ª rodada.

O compromisso mais recente da equipe de Porangabuçu foi no dia 29 de agosto, quando perdeu por 2 a 0 para o América-MG, em Belo Horizonte (MG). Guto Ferreira foi demitido no mesmo dia, e Nunes foi anunciado na noite seguinte. Os trabalhos em Carlos de Alencar Pinto tiveram início no dia 1º, com apenas um dia de folga — o último domingo, 5.

Nos contatos com a diretoria, o gaúcho de 41 anos já tinha mostrado conhecimento sobre os jogadores do elenco e destacado a qualidade. As atividades serviram para se aprofundar nas características das peças e observar outros nomes de acordo com o modelo de jogo desejado. O goleiro Richard, por exemplo, deve participar de forma mais ativa do jogo com a bola nos pés.

"A saída de bola, como atacar, como defender... Algumas coisas diferentes do que a gente vinha fazendo. Ele implanta aquilo que ele tem uma convicção muito grande, e a gente aceitou muito bem, aprimorou nesses dias que teve. Nos jogos vocês vão ver essas modificações. A gente está bem adaptado ao que ele pediu, deu para entender bem. Umas modificações atrás, no meio de campo e na frente, e a gente está apto para fazer", destacou o meia Lima, que seguirá como titular.

A formação terá novidades em todos os setores. Na defesa, Gabriel Dias deve reaparecer na lateral direita — Buiú é dúvida em razão da inflamação no joelho direito. A zaga deve seguir com Messias e Luiz Otávio, mas o jovem Gabriel Lacerda também foi testado. Já Bruno Pacheco segue como dono da lateral esquerda.

O meio-campo deverá se tornar primordial nos planos do treinador, que tem pedido uma equipe mais construtiva, que valorize a posse de bola e trocas de passes. Com Fernando Sobral absoluto entre os volantes, a busca é pelo companheiro ideal do camisa 8. O comandante deve optar por um atleta com mais qualidade na saída de bola e tem Fabinho, Pedro Naressi e Geovane como opções.

No setor ofensivo, Lima será mantido como ponta, mas com liberdade para variar entre os flancos. O outro lado do campo deverá ser de responsabilidade de Erick, que ainda não atuou como titular do Vovô. Já Vina deverá seguir como homem da armação. O posto de referência no ataque caberá a Jael, que defendeu o Imortal entre 2017 e 2019.

Há quatro jogos sem vencer e em busca da primeira vitória como visitante no Brasileirão, o Alvinegro terá pela frente um adversário que busca reagir para estancar a crise. Na zona de rebaixamento desde a segunda rodada, o Grêmio-RS ocupa a vice-lanterna e tem o quarto pior aproveitamento como mandante na competição — 37%, à frente de Chapecoense-SC, Sport-PE e Corinthians-SP. No embate do primeiro turno, os cearenses levaram a melhor e venceram por 3 a 2.

Made with Flourish
Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais