Esportes

Vasco vence o Coxa e segue forte na briga pela Série A

TRIUNFO Com gols de Cano e Nenê, Vasco derrota líder Coritiba em casa pela Série B
Edição Impressa
Tipo Notícia

Depois de perder na rodada passada para o Sampaio Corrêa-MA, por 1 a 0, o Vasco deu uma resposta rápida na sua busca pelo retorno à primeira divisão. Neste sábado, venceu o líder Coritiba por 2 a 1, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro. A partida, que teve a presença de 6.245 torcedores, foi válida pela 30.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com uma grande atuação, principalmente no primeiro tempo, o Vasco venceu com gols de suas estrelas German Cano e Nenê. O resultado positivo fez o Vasco pular para a sexta posição, com 46 pontos, e manter o sonho do acesso vivo. A vitória ainda colocou fim a um longo jejum. Há oito anos, o Vasco não vencia o Coritiba. A última vitória sobre o time paranaense tinha acontecido em 2 de novembro de 2013, pelo Brasileirão.

O Coritiba segue com 54 pontos e na liderança da Série B, apenas dois pontos distantes do Botafogo. É a segunda derrota seguida do time paranaense. Antes tinha perdido para o Cruzeiro por 3 a 0. A última vitória foi diante do Guarani por 1 a 0, em 25 de setembro, no estádio Couto Pereira.

Na próxima rodada, o Vasco joga somente no domingo, dia 24, diante do Náutico, no estádio dos Aflitos, no Recife (PE). O Coritiba entra em campo antes, na terça-feira, contra o Sampaio Corrêa-MA, em Curitiba. Os dois jogos são válidos pela 31.ª rodada.

Em São Januário, o primeiro tempo foi de um time só. Fazendo uma partida sólida defensivamente, o Vasco jogou com velocidade e de forma inteligente no setor ofensivo, envolvendo o Coritiba. Com mais posse de bola, o time carioca procurava o quanto antes abrir o placar. E conseguiu aos 18 minutos, bem ao estilo Fernando Diniz. Após longa troca de passes, Nenê escorou para Gabriel Pec chutar forte, de canhota, de dentro da área. O goleiro Wilson falhou, deu rebote e Cano, oportunista, abriu o marcador.

O Coritiba seguia sem agredir o Vasco, que dominava o jogo e buscava o segundo gol a todo o momento. Apesar do domínio, o time carioca foi criar uma grande chance de ampliar somente aos 43, quando Cano aproveitando jogada de Gabriel Pec perdeu o gol sem goleiro.

Se não finalizou no primeiro tempo, no segundo tempo o Coritiba chegou pela primeira vez no primeiro minuto e foi logo empatando Logo na saída de bola, o Coritiba lançou Rafinha pela direita para cruzar na área. O zagueiro Ricardo Graça escorregou e Léo Gamalho empatou aos 16 segundos.

O Vasco respondeu dois minutos depois. Após chute cruzado de Riquelme pela esquerda, Cano tenta desviar de calcanhar e Nenê manda para o gol vazio. O gol foi analisado pelo VAR durante quatro minutos, mas o árbitro validou o gol.

A emoção só ficou para o começo do segundo tempo. Depois dos dois gols, o Vasco segurou bem o Coritiba, que aumentou a intensidade e buscava o empate sempre alçando boa na área para Léo Gamalho. Apoiado por sua torcida, o time carioca obteve êxito na sua estratégia e venceu mais uma na Série B. (Agência Estado)

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais