Logo O POVO Mais
Farol

Artista faz instalação-manifesto em homenagem às vítimas de Covid-19

Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Vista de Renascimento, instalação do artista brasileiro Siron Franco, no centro cultural Casa das Rosas, em São Paulo, Brasil, em 13 de janeiro de 2022. Renascimento é uma instalação formada por 365 manequins suspensos por fios, que presta homenagem às vítimas da pandemia de COVID-19, aos profissionais de saúde e ao mesmo tempo celebra a vida, segundo a artista.
  (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
Foto: NELSON ALMEIDA / AFP Vista de Renascimento, instalação do artista brasileiro Siron Franco, no centro cultural Casa das Rosas, em São Paulo, Brasil, em 13 de janeiro de 2022. Renascimento é uma instalação formada por 365 manequins suspensos por fios, que presta homenagem às vítimas da pandemia de COVID-19, aos profissionais de saúde e ao mesmo tempo celebra a vida, segundo a artista.

Instalados a seis metros do chão, suspensos por cabos de aço, 365 manequins de diferentes tamanhos e vestidos com roupas coloridas convidam: olhe para cima. A obra intitulada "Renascimento" é uma instalação inédita do artista plástico Siron Franco e homenageia às vítimas da pandemia e os profissionais da saúde.

A instalação busca, segundo o artista, traduzir as reflexões geradas pelo período de distanciamento social imposto durante o período pandêmico e da importância do contato físico e da celebração da vida.

A obra foi montada em plena Avenida Paulista, no jardim da Casa das Rosas, em São Paulo, e é resultado de uma parceria entre a Casa e o Museu da Imagem e do Som – MIS-SP. A abertura acontecerá no sábado, 15, às 11h, com a presença do artista.

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"