Mundo

Evo revela partida rumo ao México

Perseguição. Asilo político
Edição Impressa
Tipo Notícia

O ex-presidente boliviano Evo Morales informou na noite de ontem, no Twitter, que está partindo para o México, após renunciar na véspera em meio à pressão da população e dos militares.

O anúncio ocorre após a imprensa local informar que um avião militar mexicano pousou na região central de Cochabamba para levar o ex-presidente ao México, que lhe concedeu asilo.

"Irmãs e irmãos, parto rumo ao México, agradecido pelo desprendimento do governo deste povo irmão que nos deu asilo para proteger nossa vida".

"É doloroso abandonar o país por razões políticas, mas sempre estarei à disposição. Em breve voltarei com mais força e energia", tuitou o ex-presidente indígena na noite de ontem.

Também via Twitter, o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, confirmou a ida de Evo Morales ao México. "Evo Morales já está no avião do Governo do México enviado para garantir sua transferência segura para nosso país", publicou nas redes sociais.

A casa onde Evo Morales morava com a família foi saqueada e destruída por manifestantes ainda no domingo. O ex-presidente teve parentes e amigos ameaçados, o que motivou a retirada para um endereço mantido em segredo antes da partida rumo ao México. Em virtude disso, Marcelo Ebrard informou a oferta mexicana de asilo político.

A segunda vice-presidente do Senado, Jeanine Añez, declarou ontem em entrevista ao canal de televisão boliviano Red Uno que está disposta a assumir temporariamente o governo. "Assumirei o desafio apenas o necessário para convocar eleições transparentes, para que os bolivianos tenham certeza de que seu voto será respeitado", afirmou, sem no entanto afirmar quando e como o processo ocorreria. (com agências)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais