Politica

"Devo ter mais responsabilidade a partir de hoje", diz Fernandes

Mea culpa
Edição Impressa
Tipo Notícia

Alvo de processo disciplinar aberto no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa (AL-CE), o deputado estadual André Fernandes (PSL) afirmou ontem que deve "ter mais responsabilidade a partir de hoje".

A declaração foi dada logo depois de divulgado o resultado da sessão no colegiado, cujos membros votaram em peso pela instauração da ação, agora processada numa subcomissão antes de voltar para o pleno e dali seguir à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

"Me desculpei em plenário, não é demérito de ninguém", repetiu o deputado do PSL, acusado de quebrar o decoro parlamentar ao acusar colegas de envolvimento com facções criminosas.

Contudo, o pesselista frisou que, para ele, seu comportamento não desrespeitou a ética. "Eu creio que agi seguindo o Conselho de Ética, os três incisos: denunciar, encaminhar e manter sob sigilo", avaliou. "Mas, se a gente não analisou os fatos, faltou responsabilidade. Devo, a partir de agora, analisar os fatos antes de encaminhar para qualquer órgão competente."

O pesselista admite que, "tirando essa parte", a sua postura como integrante da AL não se altera. "A nossa política continua a mesma. Sou oposição ao governador Camilo Santana e vou continuar fazendo o meu trabalho", prometeu.

Caso não seja arquivado pelo Conselho de Ética em nova votação sobre novo parecer da subcomissão que foi designada ontem, o processo de Fernandes é submetido à CCJ antes de finalmente chegar ao plenário da AL-CE. (Henrique Araújo)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais