Politica

Partidos de oposição apresentam novo pedido de impeachment

Câmara.
Edição Impressa
Tipo Notícia

Os partidos de oposição PT, Rede, PSB, PCdoB e PDT apresentaram nesta sexta-feira, 15, mais um pedido por abertura de processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em nota conjunta, as legendas afirmam que "o presidente deve ser política e criminalmente responsabilizado por deixar sem oxigênio o Amazonas, por sabotar pesquisas e campanhas de vacinação, por desincentivar o uso de máscaras e incentivar o uso de medicamentos ineficazes, por difundir desinformação, além de violar o pacto constitucional entre União, Estados e Municípios."

O portal de notícias Correio Braziliense havia noticiado, antes do novo pedido que visa tirar o presidente do cargo, que 61 pedidos repousam sob a gaveta do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O 62º pedido de impeachment argumenta que o País está "morrendo sufocado por este presidente". "Já passou da hora de o Congresso Nacional, representando a nação, reagir." Os partidos pedem ainda que o Congresso interrompa o período de recesso e volte a funcionar imediatamente.

Maia disse nessa sexta-feira que, inevitavelmente, o impeachment do presidente entrará em discussão. Ele ponderou, no entanto, que a discussão mais urgente para o momento é sobre a pandemia e os modos de enfrentá-la.

Na última quarta-feira, 13, em Fortaleza acompanhado de Baleia Rossi (MDB-SP), seu candidato à presidência na Câmara dos Deputados, Maia foi questionado por O POVO em coletiva sobre se existem condições para abertura de processo de impedimento do presidente. Ele disse que o "tempo vai dizer". (Carlos Holanda)

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais