Politica

Presidente do PSDB defende redução de candidaturas de centro

Diálogo com Moro
Edição Impressa
Tipo Notícia

Na rodada de conversas que tem feito desde que decidiu se filiar ao Podemos para, possivelmente, concorrer ao Planalto, Sérgio Moro se encontrou na última quinta-feira, 4, com o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo.

Moro e a presidente do Podemos, deputada Renata Abreu (SP), foram levar o convite para a solenidade de filiação do ex-ministro da Justiça e conversaram sobre o cenário político nacional. Houve um consenso em torno da importância de se evitar muitas divisões nas candidaturas presidenciais com perfil de centro.

"Conversamos sobre o cenário geral e, de modo especial, a necessidade de fragmentação mínima entre as candidaturas de centro", declarou Araújo.

As chamadas candidaturas de terceira via já contabilizam pelo menos 11 presidenciáveis e existe o temor dentro desse grupo de que essa fragmentação impeça o rompimento da polarização indicada pelas pesquisas, até o momento, entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"O Podemos é um dos partidos que tem mantido um diálogo constante entre os que têm buscado outra alternativa aos extremos que polarizam o País", disse o tucano.

A conversa de Moro com Bruno Araújo ajuda a manter os laços de proximidade com o PSDB, especialmente com o governador de São Paulo, João Doria. Araújo disse que não vai poder comparecer à filiação porque estará viajando, mas enviará um representante oficial do PSDB. E Doria já confirmou que vai comparecer ao encontro. (Agência Estado)

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais