Reportagem

Estado tem doses para 46,1% dos profissionais de saúde

Ao todo, chegaram ao Ceará 334,9 mil doses das vacinas. Segundo Secretaria, 100% da meta de vacinação entre os idosos institucionalizados será atingida com doses da CoronaVac
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Centro de Eventos do Ceará recebeu profissionais da saúde para vacinação nesta segunda-feira, 25. (Foto: Deisa Garcêz/Especial para O Povo)
Foto: Deisa Garcêz/Especial para O Povo Centro de Eventos do Ceará recebeu profissionais da saúde para vacinação nesta segunda-feira, 25.

Com a chegada do terceiro lote de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira, 25, o Ceará soma 334,9 mil doses recebidas em uma semana. A maior parte delas está sendo distribuída para os profissionais de saúde. Ontem, a segunda remessa da CoronaVac — vacina produzida pela farmacêutica Sinovac Biotech e pelo Instituto Butantan — trouxe mais 33,2 mil doses do imunizante para o Estado.

Com a meta de vacinar 254.231 trabalhadores da área, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) já distribuiu 117.379 para as diferentes categorias — o que contempla 46,1% do total planejado. Todas as doses voltadas para esses profissionais são da CoronaVac, sendo 86.793 da primeira remessa, que chegou ao Estado na segunda-feira, 18, e 30.586 do novo lote da vacina.

Em seguida estão os idosos acima de 75 anos, público no qual serão aplicadas 72.050 doses da primeira remessa da vacina de Oxford/AstraZeneca. Com essa quantidade, 21% da meta de 341,8 mil pessoas vacinadas será atendida neste momento. O terceiro grupo com mais doses da vacina distribuídas é o da população indígena, com 15.528 doses da primeira remessa da CoronaVac.

Essa quantidade de doses contempla 77,5% da meta, que é de 20.028 vacinações. As 4,5 mil doses restantes para chegar a 100% dos indígenas com terras demarcadas vacinados, segundo a Sesa, serão distribuídas de acordo com o andamento da vacinação no grupo.

Segundo informações da Secretaria, 100% da meta de vacinação entre os idosos institucionalizados será atingida com as doses da primeira remessa da CoronaVac destinadas a eles — um total de 3.595 unidades da vacina. De todas as doses recebidas pelo Estado, 62,2% (208.552 unidades) foram distribuídas. As 126,3 mil restantes estão em estoque para segunda dose e reserva técnica.

Dois dos três lotes que já chegaram ao Estado são da CoronaVac. O outro, importado da Índia, é do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford e pela biofarmacêutica AstraZeneca. Segundo informações da Sesa, as doses de CoronaVac são voltadas para profissionais de saúde, idosos institucionalizados e indígenas. Já a vacina de Oxford/AstraZeneca será disponibilizada para idosos a partir de 75 anos.

O primeiro lote de vacinas chegou em solo cearense há uma semana, na segunda, 18, e trouxe 229,2 mil doses da CoronaVac. O segundo lote, que assim como o primeiro já começou a ser distribuído para o Interior, chegou no último sábado, 23, com 72,5 mil doses do imunizante produzido pela Universidade de Oxford e pela biofarmacêutica AstraZeneca e importadas da Índia.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais