Vida & Arte

Academia da Berlinda e Baiana System abrem temporada de férias no Dragão do Mar

O show acontece neste sábado na Praça Verde do Centro Cultural
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Youtube do Circo Voador exibido o show de 2019 da Academia da Berlinda (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação Youtube do Circo Voador exibido o show de 2019 da Academia da Berlinda

Samba, reggae, lambada. Cumbia, frevo, afrobeat e soundsystem. Uma mistura de ritmos da maneira nordestina de se fazer. Uma noite onde os sons das ladeiras de Olinda se esbarram com as luzes do farol da Barra, transformando os passos distraídos em um movimento único e energético. Iniciando às 21 horas com o show do artista cearense Samiro, a noite deste sábado, 6, será tomada pelos pernambucanos da Academia da Berlinda e pelos soteropolitanos do BaianaSystem que realizam o show que marca a abertura do mês de férias na Praça Verde do Dragão do Mar.

Uma noite energizante que pode ser ouvida e sentida pelo último disco do BaianaSystem: O Futuro Não Demora, lançado este ano. A banda retorna à Capital apresentando um repertório latino que mistura diversos ritmos e entrelaça o Nordeste com os países sul americanos. "Ficamos interessados em fazer esse elo, em ter a identidade cultural da América Latina unida. Foi um ano pesquisando para produzir o disco", conta Russo Passapusso, vocalista do BaianaSystem, adiantando que as canções do Duas Cidades (2016) também serão tocadas no sábado.

Com um show no qual o engajamento e a interação com o público é bastante presente, Russo Passapusso relembra da energia das pessoas na primeira vez que a banda tocou em Fortaleza, durante o Maloca Dragão, em 2017. "Lembro muito da praia e das pessoas, do gueto e da ocupação delas, da beleza, da força e energia que a praia tem. A gente tocou na rua e foi uma linguagem direta com o público, foi muito bonito isso. Ficou muito marcado na minha mente o Dragão do Mar. Houve uma comunicação direta com o público e é isso o que acontece nas festas de rua".

A relação da Academia da Berlinda e do BaianaSystem com Fortaleza é renovada nesse reencontro das duas bandas. Eles prometem agitar o público e colocar para dançar com a mistura de ritmos e estilos musicais. "Acompanhamos o Baiana e tocamos juntos uma vez, em 2011, em Petrolina. De lá pra cá lançamos discos e vimos nosso público crescer. Será um reencontro da música independente nordestina", diz Yuri Rabid, baixo e voz da Academia.

A Academia da Berlinda, que esteve em Fortaleza durante o circuito carnavalesco deste ano, retorna para fortalecer essa relação com o público cearense e promete um show tão animado quanto aquela terça-feira de Carnaval, na praia de Iracema. "É o público que faz tudo acontecer! Enxergamos esse engajamento também como forma de identificação sonora e cultural. Nós sentimos muito a energia deles durante os shows e retribuímos em forma de música, não tem como explicar a intensidade", afirma Yuri Rabid.

Acompanhando o BaianaSystem desde quando descobriu a banda no festival Lollapalooza, de 2017, o designer gráfico Lusca Fusca fala sobre a experiência de presenciar um show da banda e recomenda uma boa preparação para quem vai pela primeira vez. "O BaianaSystem é uma banda que te faz pensar, dançar e ter voz. Aí você junta tudo isso em uma platéia que pensa em conjunto com a banda. O show é um protesto, é celebração, é tudo misturado. Estar com um bom condicionamento físico pras pernas aguentarem é o ideal. E leve muito amor".

BaianaSystem e Academia da Berlinda

Quando: sábado, 6, às 21 horas

Onde: Praça Verde do Dragão do Mar (rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema)

Quanto: R$ 45 (meia) e R$ 90 (inteira)

Informações: (85) 3488 8600

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais