clique para exibir bio do colunista

João Gabriel Tréz é repórter de cultura do O POVO e filiado à Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine). É presidente do júri do Troféu Samburá, concedido pelo Vida&Arte e Fundação Demócrito Rocha no Cine Ceará. Em 2019, participou do Júri da Crítica do 13° For Rainbow.

cinemaeseries • NOTÍCIA

Porta Curtas libera filmes que disputam vaga no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

13 obras cearenses disputam primeiro turno do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Entre elas estão o curtas "Marco" e "A primeira foto", já disponíveis online junto com os outros concorrentes da categoria Por
O curta
O curta "Marco" tem direção de Sara Benvenuto e participou do Festival de Brasília, Cine Ceará e For Rainbow, entre outros

Em meio às várias ofertas virtuais de filmes para assistir nesse período, a lista de curtas que disputam a primeira fase do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2020 é uma das mais interessantes. Apesar de não ter data certa para acontecer, o GP disponibilizou no canal Porta Curtas, como já fizera em edições anteriores, os curtas que disputam as 15 vagas finais nas categorias de melhor ficção, documentário e animação. São 61 filmes de diversos estados, tratando de diversos temas e oferecendo diversas experiências. Dois deles são cearenses: "Marco", de Sara Benvenuto, e "A primeira foto", de Tiago Pedro.

O primeiro deles disputou na mostra competitiva de curtas do Festival de Brasília de 2019. Depois, ainda participou de outros eventos pelo Brasil e, também, em Fortaleza, como o For Rainbow e o Cine Ceará. Já "A primeira foto" teve destaque no É Tudo Verdade, festival voltado ao gênero documental no qual saiu vencedor do prêmio Aquisição Canal Brasil. O documentário é um exercício íntimo do diretor, que reflete sobre a falta de memórias que tem do pai a partir da reconstrução de imagens e arquivos pessoais.

O curta de Sara Benvenuto, por sua vez, é uma ficção que dialoga com questões reais. "Marco, como o nome sugere, apresenta uma narrativa forte e inquietante. Esse curta conta a história de Isadora, que decide retornar a sua cidade natal após saber da grave doença de seu pai. Ao chegar lá, ela revive sua tensa relação com a mãe em meio a reminiscências familiares mais dolorosas. Marcado pela presença feminina, o filme conta com a atuação premiada da atriz Ana Luiza Rios e de Marta Aurélia, já consagrada entre os cearenses", destaca a diretora. A reaproximação com o local, a família, amigos e conhecidos reaviva mal-resolvidos. Sara convida: "Não deixa de assistir, curtir e clicar nas estrelinhas abaixo do vídeo!". Apesar da votação de estrelas não ter impacto no processo do GP do Cinema Brasileiro, conduzido somente por associados, é uma forma de prestar apoio às obras.

Além dos dois curtas disponíveis para assistir, há ainda outras 11 obras com envolvimento cearense que estão disputando o primeiro turno do Grande Prêmio em outras categorias. Entre os longas, estão listados nessa fase "A Vida Invisível", "António Um Dois Três", "Bate Coração", "Cine Holliúdy 2 - A Chibata Sideral", "Divaldo - O Mensageiro da Paz", "Greta", "Inferninho", "O Clube dos Canibais", "O Último Trago" e "Os Parças 2". Somando-se à lista, a série "Cine Holliúdy", baseada no filme original, também está no páreo nas categorias voltados ao formato.

Mais sugestões

Planeta Fábrica, de Julia Zakia

O curta passeia entre imagens distintas, inclusive em termos de autoria e tempo, que se ligam por tema, sensibilidade e cuidado.

Ilhas de Calor, de Ulisses Arthur

Um exercício de invenção e vida, pulsante e inspirador, pautado em ação e criação no coletivo. Venceu o Troféu Samburá de melhor curta do Cine Ceará de 2019

Sete Anos em Maio, de Affonso Uchôa

Ficção e realidade engendradas a partir de engenhosa construção equilibrada entre o relato e a performatividade. Disponível no site da distribuidora Embaúba Filmes

Rã, de Ana Flavia Cavalcanti e Julia Zakia

Imagens de coletividade. Crianças, cervejinha e rãs na brasa. Curta redondo, envolvente, direto e bem construído

ONDE ASSISTIR: portacurtas.org.br/Especial

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais