Logo O POVO Mais
Vida & Arte

My French Film Festival chega à 11ª edição disponibilizando mais de 30 filmes

Evento de cinema francófono, My French Film Festival começa sexta, 15, com filmes em diferentes temáticas e parceria com plataformas de streaming brasileiras
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
A comédia 'Enorme', de Sophie Letourneur, compõe a 11ª edição do MFFF, que começa nesta sexta, 15 de janeiro (Foto: divulgação)
Foto: divulgação A comédia 'Enorme', de Sophie Letourneur, compõe a 11ª edição do MFFF, que começa nesta sexta, 15 de janeiro

Um passeio por formas e abordagens do cinema francófono - produzido em países de língua francesa - é o que propõe a 11ª edição do My French Film Festival. São 33 filmes selecionados, sendo 20 em competição. Além dessa divisão, a seleção é organizada em mostras temáticas como "Forever Young", com obras sobre juventude; "Crazy Loving Families", sobre relacionamentos familiares complicados; "True Heroines", com personagens femininas singulares; e "French Ghosth Stories", com histórias de fantasmas, entre outras. Os filmes podem ser assistidos no site do evento e nas plataformas brasileiras Supo Mungam Plus (24 títulos) e Belas Artes À La Carte (29 títulos).

 

'Orfeu' (1950), de Jean Cocteau
'Orfeu' (1950), de Jean Cocteau

Orpheus (1950)

Clássico disponibilizado pelo MFFF, o filme é dirigido pelo cineasta Jean Cocteau. Drama romântico com toque fantástico, a obra transpõe para o cinema o famoso mito de Orfeu e Eurídice. A obra disputou o Leão de Ouro no Festival de Veneza de 1950 e, no festival on-line, compõe a mostra temática “French Ghost Stories”, estando fora de competição.

'Enorme', de Sophie Letourneur
'Enorme', de Sophie Letourneur

Enorme (2019)

Comédia francesa com direção da cineasta Sophie Letourneur, “Enorme” chega ao MFFF com uma validação importante no circuito cinéfilo: o filme compôs o renomado top 10 da revista francesa Cahiers du Cinéma, uma das principais publicações de audiovisual do mundo. Na lista, figura em nono. A obra é protagonizada por Frédéric (Jonathan Cohen) e Claire (Marina Foïs). Casados e já na casa dos 40, tinham concordado que não teriam filhos. O problema é que Frédéric segue querendo um bebê.

'Adolescentes', de Sébastien Lifshitz
'Adolescentes', de Sébastien Lifshitz

Adolescentes (2019)

Documentário dirigido por Sébastien Lifshitz, o filme está em competição e compõe a mostra “Forever Young”, voltada a temas da juventude. A produção acompanha o crescimento de Emma e Anaïs, duas amigas inseparáveis, dos 13 anos até a maioridade. Transformações pessoais, experiências e contextos sociais marcam a obra.

'Donas de Alegria', de Frédéric Fonteyne e Anne Paulicevich
'Donas de Alegria', de Frédéric Fonteyne e Anne Paulicevich

Donas de Alegria (2020)

A produção representa a Bélgica na disputa pelo Oscar de Filme Internacional em 2021. Dirigido pela dupla Frédéric Fonteyne e Anne Paulicevich, o filme segue três mulheres diferentes entre si, mas unidas pelo trabalho como prostitutas e pela necessidade de atravessar diariamente a fronteira entre a França e a Bélgica para conseguirem ganhar dinheiro.

'Senhora', de Stéphane Riethauser
'Senhora', de Stéphane Riethauser

Senhora (2019)

O diretor Stéphane Riethauser apresenta um documentário, ao mesmo tempo, biográfico e autobiográfico: em “Senhora”, o cineasta utiliza imagens de arquivo da família para montar um paralelo sensível entre ele e a avó, abordando temas como gênero, sexualidade e identidade. A produção suíça reflete sobre padrões de comportamento, patriarcado e conservadorismo a partir de um ponto de vista de intimidade familiar.

'Kuessipan', de Myriam Verreault
'Kuessipan', de Myriam Verreault

Kuessipan (2019)

Obra canadense, o filme de Myriam Verreault conta a história de duas amigas inseparáveis que pertencem à comunidade indígena innu e vivem numa reserva. Mikuan tem uma família amorosa, enquanto Shaniss passou por problemas na infância. Apesar das diferenças, prometem permanecer juntar independentemente de contextos. Quando ambas completam 17 anos, porém, a relação de amizade sofre um abalo quando uma delas se apaixona por um jovem branco e começa a planejar sair da reserva indígena.

My French Film Festival

Quando: de 15 de janeiro a 15 de fevereiro
Onde: no site oficial, na Supo Mungam Plus (para assinantes do serviço) e no Belas Artes À La Carte (para assinantes e não assinantes)
Gratuito.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"