Foto de Tarcísio Matos
clique para exibir bio do colunista

Jornalista, compositor, escritor, humorista, cantor e pesquisador da cultura popular. Escreveu várias composições em parceria com Falcão. É autor do livro

O tirador de cabelo de maxixe

Tipo Crônica

A carne de porco tinha "caroço", assim mesmo Chico de Biana comeu quilo e meio e nem bateu a passarinha. Cisticercose deu nem notícia. Todos naquele churrasco se lascaram, apresentando sintomas clássicos - menos ele. "Faz o exame, macho!", indicavam. "Nem a pau", retrucava. Respaldava a negativa, dizendo que a cachaça ingerida em 35 anos de labuta bebericativa era-lhe escudativa assaz.

Tirante isso (melado, dizia o que não convinha até a Dom João), era um gênio rodeado de boas alegrias. Dele a patente do "detector de catota debaixo do assento de tamborete - modelo standard", invenção inspirada no removedor de etiquetas que viu na loja. Também de sua lavra inventiva, o esquentador ecológico de aliança pra botar em terçol; imprescindível.

Mas o que levou Chico de Biana aos programas de televisão foi o impagável "tirador de cabelo de maxixe e canhão de sobrecu de codorna de eixo flutuante de cima abaixo". Do ponto de vista do maxixe, desejoso que o invento chegasse aos EUA, propôs ao pessoal do marketing campanha mundial pela utilização do fruto do maxixeiro, considerando que o maxixe contém ômega 600 e substitui a lagosta...

- ... só depende do cozinheiro. Se ele tiver invôco!...

Junto, misturado e amundiçado

Gênio é gênio. A inclinação para o invulgar talento de perceber o X da questão onde só se vê o Y do problema vem de sempre. Ainda brochote, fez experimentos comestíveis de irresistível sabor, demonstrando-o com algo aparentemente sem pé nem cabeça, mas que tinha - conforme apuração científica posterior. Exemplo: paçoca com uva. A combinação de elementos tão diversos tem um quê de não sei quê, mas é muito agradável. Provei e aprovei. Quer mais?

Castanha com manga, pão sovado com toicim, milho com chocolate, tapioca com bulim, canja com farelo de rosca, chilitos com feijoada, moela de galinha com fubá, aluá com brócolis, doce de leite com arroz integral, coalhada com broa, gelo com rapadura, cuscuz com bolo, vatapá com pitomba. E o engrolado principal de Chico de Biana, que por certo levá-lo-á ao programa da Bela Gil: canjica com seriguela.

Um outro gênio

Nada se iguala ao método de estancar o "barulho provocado pelas vibrações das estruturas de partes moles na garganta e no nariz" inventado por Zé Caçote. Com ele (o método), o fim do "som áspero de quem ronca ou dorme respirando mal". E verdadeiro milagre rolou com minha tia Corma, que dele (método) se utilizou e deu cabo à zoada incômoda da roncadeira do marido Gamaliel, meu tio.

Ao método: encher o papo de titio Gamá de alpiste (duas doses caprichadas de cana), uma hora antes de ele se deitar (e dormir à moda porco da mão branca - até o caneco fazer bico), esquecendo que um dia foi pobre. No outro dia, a pabulagem de tia Corma:

- Tu nem sabe, vizinha! Pois num é que Chico parou de roncar! Que bênção!

Sabe aquele barulhinho das tripas quando a fome é grande? Zé Caçote também tá trabalhando a eficácia e efetividade dessa invenção.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais