Vida & Arte

Projeto Temporal promove formações em improvisação em dança

Celebrando 10 anos de atuação, projeto de extensão do curso de Dança da UFC promove percursos que trazem reflexões e criações a partir do campo da improvisação
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Projeto de extensão da Dança da UFC, Temporal promove diferentes ações ao longo do segundo semestre (Foto:  Iago Barreto / divulgação)
Foto: Iago Barreto / divulgação Projeto de extensão da Dança da UFC, Temporal promove diferentes ações ao longo do segundo semestre

A expansão é característica essencial do Temporal - e também da dança. Um dos projetos de extensão ligados aos cursos de bacharelado e licenciatura em Dança da Universidade Federal do Ceará, ele nasceu há quase 10 anos. O início se deu na cidade de Uberlândia (MG) a partir de ação da professora e bailarina Ana Mundim no processo de implantação de uma graduação na área no município. Em 2017, o Temporal veio para Fortaleza e, nesses quatro anos, possibilitou encontros e atividades diversas. A partir desta terça, 27, o projeto realiza o X Temporal - Encontros de Improvisação e Composição em Tempo Real, edição composta por cinco percursos diferentes que pretendem elaborar alargamentos do campo da improvisação em dança.

A ideia inicial do projeto, como explica Ana - que além de idealizadora é coordenadora, atualmente em parceria com o professor Pablo Assumpção -, foi apostar na promoção de intercâmbios. "Provocar um espaço mais poético, leve e lúdico de produção de conhecimento e de interação entre o saber acadêmico e o saber da comunidade", define a professora.

Leia Também | Fadinhas e Kelvins da ficção: filmes e séries para quem ama skate

Quando ocorreu a transferência de Ana à UFC, o projeto veio junto e teve o formato expandido. "Começou sendo um evento. Quando veio para Fortaleza, foi tomando outros formatos. A gente sentiu a necessidade de fazer pelo menos uma ação por mês dentro do processo de formação em improvisação em dança", explica. Um dos campos de conhecimento da área, a improvisação em dança tem "necessidades" que o projeto buscou desenvolver.

"Primeiro, que seja reconhecido como um campo. Segundo, que se amplie a perspectiva dos estudos da improvisação além da dança contemporânea, na dança como um todo. Neste sentido, existia o desejo de aproximar pessoas que tivessem outras práticas e perspectivas - jazz, sapateado, femme style, danças urbanas, populares - e quisessem pensar improvisação de modo mais amplo", aprofunda a coordenadora.

As expansões, inclusive, espraiam-se por outras linguagens. "Temos nos debruçado em pensar na improvisação como campo expandido e como ela pode dialogar também com outras áreas de conhecimento como música, artes visuais, fotografia, moda", elenca Ana. O percurso formativo que marca o início do X Temporal, por exemplo, abre com a oficina "Fotografia e dança: cruzamentos compositivos", ministrada pela criadora-intérprete e coreógrafa Luciana Bortoletto.

Leia Também | Amy Winehouse: lembre a história e a influência da cantora

"As pessoas convidadas têm múltiplas facetas, olhares e aproximações da improvisação para que os participantes possam vivenciar diferentes modos de compreensão e experiência prática", afirma a coordenadora. A atividade de abertura segue até o dia 29, sempre das 19 às 21 horas.

Apoiado pelo Theatro José de Alencar, o percurso formativo é constituído por sete oficinas e uma residência. Serão 30 vagas para o percurso completo e as inscrições, gratuitas, se darão por ordem de entrada na sala do Zoom no primeiro dia de atividades. O link da sala virtual será divulgado no Instagram do projeto. Haverá certificação dada pela Pró-Reitoria de Extensão da UFC para quem participar de no mínimo 75% das ações.

Cada oficina terá, ainda, mais 70 vagas a serem ocupadas por quem desejar participar de atividades pontuais e que também dão direito à declaração de participação. As próximas oficinas trarão temas como dramaturgias, narração, movimentos e composições a partir da casa.

Leia Também | Vila das Artes promove evento sobre teatro de bonecos nesta semana

Já os próximos quatro percursos serão o de residências; de fruição; de criação; e da farra. O primeiro planeja trazer, com apoio da Casa de Cultura Alemã e do Instituto Goethe, os bailarinos brasileiros Guilherme Morais e Chaim Gebber, que vivem na Alemanha, para uma residência artística intensiva. O segundo irá se debruçar na prática de observação e fruição de obras que sejam frutos de processos de improvisação ou composição em tempo real.

O de criação será formado por uma residência artística fechada com oito profissionais de dança egressos da UFC que ficarão juntos por 20 horas para produzir uma apresentação artística. O da farra marcará o encerramento do X Temporal com uma festa - provavelmente no formato virtual, por conta do contexto da pandemia - e o lançamento de uma coleção de roupas criada em parceria com os estilistas Lindebergue Fernandes e Maurício Alexandre.

"Acho muito importante destacar que os 10 anos (do projeto) acontecem abraçados com os 10 anos dos cursos (bacharelado e licenciatura) de dança da UFC, que nascem de uma luta coletiva de artistas da cidade", ressalta Ana. "O Temporal resiste por uma luta muito afetiva de bailarinos, instituições e pessoas parceiras que acreditam na possibilidade de continuidade desse espaço de encontro e convivência. Trocas de trabalho e de vida com gerações, corpos e corpas distintas. Nosso desejo é que o Temporal seja cada vez mais um espaço democrático, de acolher e ser acolhido pelas diferenças. Esperamos que cada vez mais ele se concretize a partir de, com e para a força coletiva", resume.

X Temporal Encontros de Improvisação e Composição em Tempo Real

Quando: percurso formativo a partir de 27/7; atividades se estendem até dezembro

Onde: transmissão ao vivo (sem certificação) em bit.ly/youtubetemporal e www.youtube.com/theatrojosedealencar

Inscrições: gratuitas, a partir de link postado na bio do @temporaldanca no primeiro dia de cada ação. As inscrições para o percurso formativo são por ordem de chegada já na oficina do dia 27.

Informações: @temporaldanca e projetotemporal@ufc.br

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais