Logo O POVO+
Vida & Arte

Praia do Futuro: show une Nando Reis, Marcelo Falcão e Igor Montenegro

Os artistas se apresentam na festa "Vibe Boa", evento da Arena Barong na Praia do Futuro esta sexta-feira, 24
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Nando Reis comanda festa na Arena Barong (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação Nando Reis comanda festa na Arena Barong

Céu aberto, pés na areia e a união entre repertórios de diferentes gerações musicais. Os artistas de longa data Nando Reis e Marcelo Falcão retornam aos palcos da capital cearense para a festa “Vibe Boa”, acompanhados pela música do jovem cearense Igor Montenegro. O evento acontece na Arena Barong da Praia do Futuro, na sexta-feira, 24, a partir das 22 horas.

A participação de Nando faz parte de uma turnê do cantor pelo Brasil, a “Nando Hits”. O paulista resgata sucessos dos 40 anos de carreira, trazendo à tona a energia poética de um repertório transpassado por tantos outros grandes artistas.

Com letras como aquela sobre um amor que não se mede, pede ou se repete, e outra sobre braços que sentem e olhos que veem, “Onde você mora”, parceria com Marisa Monte, e “Dois Rios”, colaboração com Samuel Rosa e Lô Borges, fazem parte da lista de canções que serão compartilhadas com o público.

Ex-vocalista da banda O Rappa, que combina estilos do rock, reggae, funk e outros ritmos com críticas a diversos problemas sociais do Brasil nos anos 2000, Marcelo Falcão se apresentará baseado no mais recente álbum solo do cantor, "Viver (Mais leve que o ar)". Outros sucessos do tempo de banda do carioca serão relembrados no show, como as letras de paz de “Minh’alma” e as de “O que sobrou do céu”. "São músicas de sucesso porque o povo se identifica e ama. No show, mesclo a carreira solo com o que me fez ser conhecido, que é o Rappa", antecipa.

"Fortaleza mora no meu coração. É a terra do sol, só tenho momentos maravilhosos aí de shows que eu vivi. É uma felicidade estar nesse lugar que eu tenho uma relação muito boa, vou rever os amigos e fazer o showzão que Fortaleza merece", celebra Falcão, apontando que, no palco e na vida, "sua felicidade é ver as pessoas felizes". O músico projeta: "Que as pessoas saiam do show recarregadas de energias boas e de esperanças por um futuro melhor, que é o que a gente merece".

Além de Nando e Falcão, o palco será também de Igor Montenegro, jovem artista fortalezense das músicas “Azul” e “Flamethrower (Back to live my life)”. Fortalezense, ele começou a cantar nos tempos do colégio em uma banda com os amigos. Depois das aulas na escola, tocava em barzinhos e restaurantes em bairros da Cidade. No ano de 2017, quando teve a chance de se apresentar no Órbita Bar, foi notado por integrantes da banda brasileira The Mob, que se apresentava ali no mesmo ano e precisava de um novo vocalista. Igor aceitou a oportunidade.

Já em 2019, ele começou uma carreira solo paralela a The Mob, quando lançou três singles originais. Durante a pandemia, o jovem músico se manteve ativo nas redes sociais com lives e vídeos todas as semanas. Nessa época, chegou a participar de um festival realizado pela plataforma nova-iorquina Sonic Bids.

As memórias do tempo que compartilhou com os amigos, família e com a namorada em 2021 ajudaram o artista criativamente com as novas produções. “Eu aproveitava as pessoas ao meu redor, isso me ajudou a escrever as músicas da minha estreia cantando em português”, diz ele sobre as canções “Azul”, “Bem melhor” e “Final Feliz”. Elas fazem parte de uma trilogia de clipes que segue a história de um rapaz e de uma garota, que depois de se conhecerem em um casamento vivem várias aventuras pela cidade até o dia seguinte.

“São com certeza as melhores músicas que já fiz entre as que estão lançadas. Elas representam uma grande parte de mim, principalmente porque consegui explorar gêneros, ritmos e influências musicais que ainda não tinha feito, como o samba, o pagode e o punk pop”, conta ele.

Sobre a apresentação no “Vibe Boa”, Igor se diz muito ansioso e animado para aquecer a plateia com a energia das músicas. “Os dois artistas têm uma história admirável e são importantes para a música no País. É uma honra gigantesca dividir a noite com eles, principalmente com a expectativa acumulada!”, conta Igor sobre Nando Reis e Marcelo Falcão no evento que deveria ter acontecido no começo do ano, mas que foi adiado para esta semana de junho.

Igor também compartilha um pouco da alegria em estar diante de um público ao vivo depois de dois anos essencialmente pandêmicos pela covid-19: “Estar em cima do palco sempre envolve boas surpresas, até o nervosismo, que há tempos eu não tinha, tem voltado um pouco naquele momento antes de subir. Tem sido um paraíso”.

Ao descrever sua relação com a música, ele diz ser como dirigir ao pôr do sol perto da praia. “É algo que acalma e ao mesmo tempo causa uma adrenalina que dá vontade de viver a vida, de dançar, de se apaixonar, é assim que a música me faz sentir quase o tempo todo, mas às vezes é só como um abraço quentinho”, conta entre risos.

Com as emoções que envolvem o retorno a Fortaleza depois de meses entre a capital cearense e São Paulo, ele comenta: “Nostalgia, pôr do sol, danças e muita música. É isso que podem esperar de mim”. Em agosto, ele se apresentará ao lado de outros artistas nacionais como Lagum e Luiza Sonza, no Festival Zeppelin, prometendo com uma esperança sonhadora mais músicas e parcerias para o ano e para o futuro.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

<div><iframe src="https://open.spotify.com/embed-podcast/show/6sQZbAArx6gWIK8Gume6nr" width="100%" height="232" frameborder="0" allowtransparency="true" allow="encrypted-media"></iframe></div>

Vibe Boa

Quando: sexta-feira, 24, a partir das 22 horas

Onde: Arena Barong (av. Zezé Diogo, 5.700 - Praia do Futuro)

Quanto: a partir de R$ 85, em efolia.com.br

Essa notícia foi relevante pra você?