Logo O POVO Mais
Reportagem Especial

Medalhas e títulos de cidadania disparam em pré-campanha agitada

Tradição em anos eleitorais, a concessão de homenagens a políticos tem ares de campanha e movimenta agenda de pré-candidatos da disputa deste ano

Medalhas e títulos de cidadania disparam em pré-campanha agitada

Tradição em anos eleitorais, a concessão de homenagens a políticos tem ares de campanha e movimenta agenda de pré-candidatos da disputa deste ano
Tipo Notícia Por

 

 

Fora do governo do Ceará há pouco mais de dois meses, o ex-governador Camilo Santana (PT) adiciona, nesta quinta-feira, 9, mais um título de cidadão honorário à sua lista. Desta vez de Aracati, no Litoral Leste do Estado. É aproximadamente a vigésima vez, apenas nos últimos meses, que uma homenagem do tipo é oferecida ao petista, pré-candidato ao Senado na eleição deste ano.

A rápida profusão de “cidadãos honorários” e “medalhados” entre candidatos, no entanto, está longe de ser exclusividade de Camilo. Desde o ano passado, honrarias do tipo vêm se multiplicando para diversos políticos de olho em vagas de grande expressão na disputa eleitoral, em tradição que fica mais comum especialmente em anos de eleições estaduais.

Após deixar o governo, Camilo tem recebido dezenas de homenagens e títulos no Interior e na Capital, como a Medalha Iracema(Foto: Aurelio Alves)
Foto: Aurelio Alves Após deixar o governo, Camilo tem recebido dezenas de homenagens e títulos no Interior e na Capital, como a Medalha Iracema

Assim como Camilo, natural do Crato, outro que recentemente expandiu seu “passaporte” de cearense foi o principal pré-candidato da oposição ao Governo do Ceará, o paulistano Capitão Wagner (União Brasil). Na quarta-feira, 8, ele recebeu o título de cidadão de Tabuleiro do Norte, no Vale do Jaguaribe, na sexta homenagem do tipo apenas nos últimos meses.

As honrarias são concedidas em decretos legislativos aprovados pelas Câmaras de vereadores dos municípios, mas geralmente contam com a articulação decisiva de prefeitos ou deputados que possuem bases naquelas regiões.

A justificativa geralmente destaca trajetória política dos candidatos ou possíveis feitos deles beneficiando os municípios. Na prática, no entanto, atos para a entrega das homenagens quase sempre acabam tendo fortes ares eleitorais, nos quais a ideia é movimentar a agenda de candidatos e, principalmente, “mostrar força” e “volume de aliados” de olho na disputa.

A concessão de medalhas e títulos pelos vereadores cearenses chama atenção sobretudo entre três dos quatro pré-candidatos que atualmente disputam a candidatura do PDT na disputa pelo Governo do Estado – a governadora Izolda Cela, o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão.

Sozinhos, os três pedetistas receberam, apenas nos últimos meses, cerca de 25 homenagens dos municípios, entre medalhas locais e títulos honorários de cidadania. Quem lidera neste sentido é Roberto Cláudio, que tem percorrido regiões do Estado aos fins de semana e procurado aliados tentando apagar a pecha de menos conhecido no Interior.


As homenagens mais recentes ocorreram no último dia 3 de junho, quando o fortalezense recebeu títulos de cidadania de Orós e Lavras da Mangabeira, somando 13 homenagens só nos últimos meses. "Há municípios em que você fez tanto, colocou emendas, brigou por verbas, que aquela homenagem é óbvia. Em outras vejo a homenagem como combustível, fica uma responsabilidade maior”, diz RC.

A governadora Izolda, no entanto, tem se mostrado “competidora dura” para o ex-prefeito, acumulando várias ações aprovadas recentemente. Uma delas foi aprovada ainda no final de maio pela Câmara Municipal de Caucaia. O atual prefeito do município, o ex-oposicionista Vitor Valim (Pros), é inclusive hoje um dos principais defensores da escolha da governadora como candidata do PDT.

Governadora Izolda Cela e o prefeito de Caucaia, Vitor Valim, participaram da solenidade de assinatura da ordem de serviço da obra, realizada nesta segunda-feira, 25(Foto: FERNANDA BARROS)
Foto: FERNANDA BARROS Governadora Izolda Cela e o prefeito de Caucaia, Vitor Valim, participaram da solenidade de assinatura da ordem de serviço da obra, realizada nesta segunda-feira, 25


 

Honrarias são “indicativo de alianças”, diz especialista

Como precisam passar por uma análise e aprovação coletivas das Câmaras Municipais, medalhas e títulos de cidadania são bons sinais de que um candidato conseguiu construir uma aliança com políticos daquela cidade. A análise é do cientista político Cleyton Monte, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Cleyton Monte, cientista político, professor universitário e pesquisador do Lepem (Laboratório de Estudos sobre Política, Eleições e Mídia)  (Foto: Cleyton Monte)
Foto: Cleyton Monte Cleyton Monte, cientista político, professor universitário e pesquisador do Lepem (Laboratório de Estudos sobre Política, Eleições e Mídia)

“Elas são indicativos de alianças, basicamente. Quando você têm políticos sendo homenageados, e isso aumenta mesmo muito no período pré-eleitoral, isso demarca os apoios dele naquela região. Isso porque essas honrarias precisam ser aprovadas por um coletivo, tem que ter a aprovação, então para isso essa figura tem que ter apoios”, diz.

“Apoio dos vereadores e, principalmente, apoio do prefeito, porque ele também chancela isso. Então é um indicativo de reforço de aliança”, afirma. O especialista destaca, no entanto, que a aprovação raramente é acompanhada pela população em si e não significa, por si só, que o candidato esteja mais forte eleitoralmente naquele município.

“É algo muito do mundo político, da imprensa. Então essa honraria tem que ser acompanhada por um trabalho político de base, seja com liberação de recursos, no envio de uma emenda. Se você for atrás, quase sempre quando um deputado, ex-governador recebe uma homenagem, são municípios onde ele teve algum trabalho”, destaca.

“Então não é só a honraria em si, de forma isolada. Ela tem que ser complementada por um trabalho de base, mesmo sendo uma forma de prestigiar uma figura política que, de certa forma, tem alguma relação com o município, com aquele grupo político que está no poder”, finaliza.

 

 

Eleições 2022: pré-candidatos homenageados com títutos de cidadania

Clique na imagem para conferir a listas dos municípios que concederam as honrarias

 

 

Essa notícia foi relevante pra você?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Conteúdo exclusivo

Saiba mais

Estamos disponibilizando gratuitamente um conteúdo de acesso exclusivo de assinantes. Para mais colunas, vídeos e reportagens especias como essas acesse sua conta ou assine O POVO +.