Foto de Carlos Mazza
clique para exibir bio do colunista

Colunista de política, o jornalista Carlos Mazza coordena o O POVO Dados, núcleo que trabalha com reportagens a partir de bancos de dados. Já foi repórter de Política e repórter especial do O POVO.

Carlos Mazza política

Guerra judicial entre Ciro e Eunício está longe de acabar

Desde 2014, quando os dois líderes romperam politicamente na eleição de sucessão de Cid Gomes (PDT) no Governo do Ceará, Ciro e Eunício moveram quase 40 processos um contra o outro
Tipo Análise
Disputas entre Eunício e Ciro não são exatamente novidade na política cearense (Foto: Iana Soares, em 23/06/2012)
Foto: Iana Soares, em 23/06/2012 Disputas entre Eunício e Ciro não são exatamente novidade na política cearense

Ato do ex-senador Eunício Oliveira (MDB) em arrematar imóvel de Ciro Gomes (PDT), leiloado em sede de um processo por danos morais, está longe de ser o último episódio envolvendo os dois na Justiça. Apenas no último mês de julho, os ex-aliados moveram quatro novas ações um contra o outro no Judiciário cearense. O mais recente episódio ocorreu na última quarta-feira, 28, quando o emedebista entrou com uma ação cível e outra criminal contra Ciro por acusações feitas durante entrevista ao jornalista José Luiz Datena.

Na entrevista, realizada em março deste ano pela Rádio Bandeirantes, Ciro volta a acusar Eunício de ter recebido R$ 1 bilhão em contratos - que teriam ocorrido sem licitação - com a Petrobras durante o governo Lula (PT). Acontece que, em outras entrevistas recentes, Eunício tem dito que os tais contratos nunca existiram, e que o próprio pedetista já foi condenado em outras ações pela mesma acusação. Em tom de deboche, o ex-senador destaca que já moveu mais de 40 processos contra o líder do clã Ferreira Gomes.

O pedetista, no entanto, nem sempre fica do lado dos réus na disputa com Eunício. No início de julho, o presidenciável também entrou com duas ações, uma cível e outra criminal, contra o emedebista por conta de supostos crimes contra a honra. Na gravação, o ex-senador usa adjetivos como "canalha", "mentiroso" e "cínico", chegando a dizer que Ciro "é um verdadeiro batedor de carteira gritando `pega ladrão'".

Vai longe

As disputas entre Ciro e Eunício não são exatamente novidade na política cearense. Desde 2014, quando os dois líderes romperam politicamente na eleição de sucessão de Cid Gomes (PDT) no Governo do Ceará, ambos moveram quase 40 processos um contra o outro. O fato de Ciro aparecer como autor do processo, no entanto, costuma ser mais raro. Na maioria das vezes, foi Eunício quem processou o pedetista em ações por dano moral.

Em maio, o ex-ministro chegou inclusive a ser condenado a pagar R$ 100 mil ao emedebista por ter chamado ele de "corrupto". O caso ainda tem recursos em julgamento. Outros processos envolvem ataques e acusações diversas partindo de Ciro, desde "lambanceiro" a "pinotralha" - "uma mistura de Pinóquio com irmão Metralha", explica.

 

Agressões à vereadora

A Câmara Municipal de Fortaleza deve retornar do recesso nas próximas semanas. Oportunidade boa, portanto, de a Casa tomar postura mais incisiva sobre ameaças de morte sofridas pela vereadora Larissa Gaspar (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa. Caso teve resposta rápida da Polícia Civil do Ceará, que chegou ao suspeito de realizar as agressões cerca de 12 horas após do registro da ocorrência. A resposta do Legislativo, no entanto, pareceu pouco expressiva, diante da gravidade do caso. É preciso que a Câmara se manifeste, até para coibir novas situações.

Dança das cadeiras

Também de volta do recesso, a Assembleia Legislativa deve passar por uma série de mudanças ao longo dos próximos meses. Logo nesta semana, deverá assumir mandato na Casa o vereador e presidente do PT de Fortaleza, Guilherme Sampaio (PT), que ficará na vaga durante licença do deputado estadual Moisés Braz (PT).

PSD em alta

Eleição suplementar realizada ontem em Missão Velha consolidou mais uma vez o crescimento de Domingos Filho (PSD) como liderança política no Cariri. Durante a disputa de ontem, o líder maior do PSD no Ceará foi dos políticos que mais circulou pelo município, reunindo diversas lideranças da região. O bom desempenho representa avanço no plano de Domingos em ampliar a própria influência para além dos Inhamuns, berço político da família.

 

Acompanhe o Jogo Político:


 

 

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais