Foto de João Filho
clique para exibir bio do colunista

Publicitário, especialista em Marketing , Mestre em Administração e Sommelier de cerveja. Desde 2013, atua na área de treinamento, consultoria e educação cervejeira, sendo pioneiro em Fortaleza. Foi professor da disciplina de cultura cervejeira na pós-graduação de gastronomia da Fanor, e é um dos idealizadores e professor do curso de Beer Sommelier do Senac/CE. É colunista de cervejas do O POVO s Sommelier de cervejas do quadro "Saideira" da  rádio O POVO/CBN

João Filho gastronomia

Coluna Tim-Tim: 5 dicas para iniciar no universo cervejeiro

Tipo Opinião
A tulipa é o modelo de copo considerado universal para cervejas (Foto: divulgação)
Foto: divulgação A tulipa é o modelo de copo considerado universal para cervejas

Você já pensou em se enveredar pelo universo das cervejas artesanais? São milhares de rótulos nacionais e importados disponíveis para consumo, e mais de 150 estilos diferentes. Diante de tantas opções, quem está arriscando os primeiros goles nas artesanais pode se assustar e até desistir pelo caminho. Para evitar isso, elencamos algumas dicas para te guiar nessa nova jornada. Confira:

1. Ache seu(s) estilo(s) de cerveja(s) favorito(s)

Existem centenas de opções para todos os paladares, e você precisa conhecer o seu para poder aproveitar essa experiência ao máximo.

Leves ou alcoólicas, refrescantes ou complexas, claras ou escuras, doces ou amargas, azedas ou até salgadas, as possibilidades de sensações são praticamente infinitas. A dica é começar pelas sensações que te agradam mais.

2. Entenda a proposta da cerveja

Cada cerveja tem uma proposta. Antes de sair julgando se a cerveja é boa ou ruim, busque entender qual a promessa de entrega daquele estilo ou daquela cerveja antes da compra. Assim você evitará possíveis decepções.

3. Não prove, deguste!

Beber e degustar são coisas completamente diferentes. Degustar é buscar novas experiências e sensações diferentes ao experimentar cada rótulo.

Procure degustá-las com mais atenção, atentando aos aromas e sabores de cada uma delas e, de preferência, na temperatura e copo ideal.

4. Não se incomode com a opinião alheia

Cada cerveja é uma experiência individual. O que foi ruim para alguns pode ser maravilhoso para você. Não deixe de degustar uma cerveja por conta da opinião dos outros. Lembre-se, a percepção é sua!

5. "Não vire um Beer Chato"

A cerveja é tão boa, que muita gente busca especialização. Querem saber mais sobre a bebida, que outros tipos existem, quais as variações de sabores e ingredientes. Só que tem gente que vai fundo demais. Transformam o ato divertido e social de tomar uma em um processo burocrático e chato, cheio de nomenclaturas e de cagadas de regras de "pode e não pode". Não seja essa pessoa.

Leia também | Confira mais dicas e informações do mundo das cervejas, com João Filho, na coluna Tim Tim

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais