Foto de João Filho
clique para exibir bio do colunista

Publicitário, especialista em Marketing , Mestre em Administração e Sommelier de cerveja. Desde 2013, atua na área de treinamento, consultoria e educação cervejeira, sendo pioneiro em Fortaleza. Foi professor da disciplina de cultura cervejeira na pós-graduação de gastronomia da Fanor, e é um dos idealizadores e professor do curso de Beer Sommelier do Senac/CE. É colunista de cervejas do O POVO s Sommelier de cervejas do quadro "Saideira" da  rádio O POVO/CBN

João Filho gastronomia

Coluna Tim-Tim: Para quem quer ser um beer sommelier

Tipo Opinião
João Filho: dicas para quem quer atuar profissionalmente como sommelier de cervejas (Foto: ETHI ARCANJO/ DIVULGAÇÃO )
Foto: ETHI ARCANJO/ DIVULGAÇÃO João Filho: dicas para quem quer atuar profissionalmente como sommelier de cervejas

Beer Sommelier! Muitos já escutaram essa expressão por aí, mas tem gente que continua achando que virar um Beer Sommelier é uma forma de beber profissionalmente, ou viver ganhando "recebidos". Mas não é bem assim.

Costumo dizer que a lista de afazeres de um Beer Sommelier é grande, de forma geral é o profissional preparado para orientar o consumo certo da bebida, sugerir harmonizações entre cerveja e gastronomia, informar o consumidor sobre aromas, sabores, corpo de uma determinada cerveja.

Além disso, o Beer Sommelier também pode analisar tecnicamente diferentes estilos de cerveja, elaborar cartas de cervejas, organizar eventos de degustação e harmonização, ser juiz em competições, ensinar sobre cerveja, sugerir cervejas para distribuidoras e importadoras.

Mas o que fazer depois de conseguir este diploma?! Separei cinco dicas valiosas para você que está começando na área ou deseja começar!

Mantenha a calma, e não desanime. O mercado nem sempre vai estar com as portas abertas para você, em 8 anos como sommelier de cervejas eu já tive altos e baixos. Então tenha sempre um plano B para segurar as pontas.

Frequente feiras, congressos, festivais que possam fortalecer seu nome no mercado cervejeiro, já dizia o ditado, quem não é visto não é lembrado. Então apresente-se, conecte-se, faça networking.

Se possível explore outras áreas que contemplam e orbitam o segmento de cervejas, nem tudo diz respeito a trabalhar em cervejaria, bares ou distribuidoras. Então busque ideias e atividades que possam atender outras demandas do mercado.

Continue estudando, a cerveja é um universo, então invista constantemente em cursos novos, leituras e atualizações, falando nisso, começar uma biblioteca cervejeira é sempre uma ótima ideia.

Não fique mendigando cerveja! Receber uma amostra é muito legal, é uma forma de reconhecimento, então trabalhe em busca disto. Mas não mendigue cerveja, além de não ser nosso ofício, mostra pouco profissionalismo e ainda queima o filme da categoria.

Leia também | Confira mais dicas e informações do mundo das cervejas, com João Filho, na coluna Tim Tim

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais