Jocélio Leal
clique para exibir bio do colunista

Colunista e editor-chefe dos núcleos de Economia e Negócios do O POVO. Também é âncora da rádio O POVO-CBN e apresenta flashes na rádio CBN Cariri. É o editor-geral do Anuário do Ceará e do Guia de Investimentos de São Paulo

NOTÍCIA

Movimento Escolas Abertas quer abertura logo no Ceará

O movimento Escolas Abertas Ceará queria ter visto o governador Camilo Santana (PT) considerar a reabertura prioritária do ensino nas redes pública e privada no Estado. O movimento defende ser segura a volta às aulas, desde de que cumpridos protocolos sanitários
Professora Eliane Conconi conversa com alunos em sala de aula da escola Thomaz Rodrigues Alckmin, no primeiro dia de retorno das escolas do estado de São Paulo para atividades extracurriculares em meio ao surto de coronavírus (COVID-19) em São Paulo, Brasil 7 de outubro de 2020 . REUTERS / Amanda Perobelli
Professora Eliane Conconi conversa com alunos em sala de aula da escola Thomaz Rodrigues Alckmin, no primeiro dia de retorno das escolas do estado de São Paulo para atividades extracurriculares em meio ao surto de coronavírus (COVID-19) em São Paulo, Brasil 7 de outubro de 2020 . REUTERS / Amanda Perobelli

Fortaleza - O movimento Escolas Abertas Ceará queria ter visto o governador Camilo Santana (PT) considerar a reabertura prioritária do ensino nas redes pública e privada no Estado. "Durante mais de 11 minutos na live de ontem (domingo, 4), o governador Camilo Santana não cita, em nenhum momento, que o ensino estará contemplado no plano de reabertura que deve acontecer a partir de 12 de abril próximo.", diz nota do movimento.

Na manhã desta segunda-feira (5), o secretário da Casa Civil, Chagas Vieira, declarou à rádio O POVO-CBN que mudanças no funcionamento do comércio do Estado serão adotadas para evitar aglomerações em transportes coletivos.

Uma das líderes e fundadoras do movimento é a médica Fernanda Araújo. Ela fala em risco de "desmatrícula" em massa dos alunos da rede privada caso o ensino não esteja contemplado como prioridade no plano de reabertura do Governo.

Fernanda será ouvida às 16 horas (5/4), na rádio O POVO CBN, pela âncora Neila Fontenele.

O movimento alega existir mais de 40 mil artigos científicos publicados sobre o tema no último ano e aponta um suposto consenso na comunidade científica a favor das escolas abertas, desde que com protocolos. "Escola deve ser a primeira a abrir e a última a fechar", afirma a nota.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais