Foto de Lucas Mota
clique para exibir bio do colunista

Lucas Mota é repórter de Esportes de O POVO. Estudou jornalismo na Universidade 7 de Setembro e na Universidad de Málaga (UMA). Ganhou o Prêmio CDL de Comunicação na categoria Webjornalismo e o Prêmio Gandhi de Comunicação na categoria Jornalismo Impresso, e ficou em 2º lugar no Prêmio Nacional de Jornalismo Rui Bianchi

Lucas Mota esportes

Mendoza não participa diretamente de gols do Ceará desde abril; Erick pede passagem

Por merecimento, Erick tem lugar no ataque titular do Alvinegro. Basta Tiago Nunes querer. Mendoza não atua bem faz tempo
Erick merece chance como titular no Ceará (Foto: Felipe Santos / Ceará SC)
Foto: Felipe Santos / Ceará SC Erick merece chance como titular no Ceará

A escalação do Ceará contra o São Paulo surpreendeu por algumas peças utilizadas entre os titulares. Uma delas foi o colombiano Steven Mendoza, que atuou em mais uma partida como titular pelo Vovô. E mais uma vez rendeu abaixo do esperado. Enquanto o atacante vive péssimo momento e recebe oportunidades para sair jogando, Erick, que tem entrado bem no segundo tempo, ainda aguarda a sua primeira vez entre os 11 iniciais.

Um dos principais investimentos do Ceará para a temporada de 2021, Mendoza (custou mais de R$ 4 milhões) começou em alta no Alvinegro, impressionando com arrancadas, dribles e arremates. Entretanto, o desempenho positivo foi passageiro. Nos sete primeiros jogos, o colombiano marcou três gols e deu três assistências. Depois disso, nunca mais participou diretamente de um gol da equipe.

A última vez que movimentou números decisivos pelo time do Porangabuçu foi na estreia do clube na Sul-Americana, diante do Jorge Wilstermann, no Castelão, em abril. Ele marcou um gol e deu uma assistência.

Apesar dos desempenhos abaixo em sequência, o atacante tem sido peça constante no time titular. De 30 jogos disputados pelo Vovô, ele foi titular em 28.

Por outro lado, o Ceará tem no elenco um jogador de 23 anos que tem merecido mais oportunidades no time titular do que Mendoza no atual momento. Desde que chegou ao clube, em julho, Erick, atleta que a diretoria do Vovô também investiu alto, disputou nove jogos, todos saindo do banco de reservas. Quando entrou, mostrou serviço e melhorou o sistema ofensivo.

+ 400 mil euros: Erick entra no top-6 das contratações mais caras do Ceará; veja lista

Sob o comando de Tiago Nunes, o Ceará disputou seis jogos. Destes, Erick entrou em cinco e teve atuação superior a quem substituiu, como Rick, Airton e Mendoza.

Na última apresentação do Ceará contra o São Paulo, o roteiro se repetiu. Erick entrou no lugar de Mendoza e melhorou o sistema ofensivo. O atacante quase marca um golaço em arremate na entrada da área, forçando boa defesa de Volpi.

Por merecimento, Erick tem lugar no ataque titular do Alvinegro. Basta Tiago Nunes querer.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais