Raone Saraiva
clique para exibir bio do colunista

Editor-executivo de Economia, é especialista em Teorias da Comunicação e da Imagem pela Universidade Federal do Ceará e mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza. É vencedor de vários prêmios de jornalismo, como o Petrobras, Anac e ABCR.

NOTÍCIA

Empresa quer barrar produção do buggy Fyber no Ceará por investidor alemão

Fyber Star, que entrou na Justiça, diz que investidor alemão que busca produzir o buggy no Estado comprou a réplica do carro fabricado pela Peixoto Veículos Ltda, e não a marca original Fyber
Buggy da Fyber Star será fabricado em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza
Buggy da Fyber Star será fabricado em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza

A Fyber Star entrou com ação na Justiça do Ceará para impedir o uso da marca e a fabricação da réplica do buggy no Estado por um investidor alemão. A informação é do empresário Nil Araújo, um dos sócios da empresa. 

Segundo ele, o investidor comprou a réplica do buggy fabricada pela Peixoto Veículos Ltda, e não a marca e a homologação original Fyber, que, de acordo com Nil, pertence à Fyber Star e foi concedida pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

"Estamos na Justiça para proibir o uso da marca, pois o buggy da marca Peixoto usa indevidamente o adesivo Fyber, fazendo o consumidor acreditar que se trata de um buggy Fyber original", diz o empresário.

De acordo com ele, além da homologação do Detran, a empresa tem documentos do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). "Não temos nenhuma ligação com a falida empresa Fyber Indústria de Veículos S/A, que faliu em 1995, assim como a Peixoto Veículos também não tem. Porém, nós conseguimos resgatar a homologação original do Fyber, após falência da antiga empresa", afirma.

Fábrica em São Gonçalo do Amarante

Nil Araújo informa que o buggy da Fyber Star será fabricado em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza, a partir da doação de terreno com cerca de nove hectares por parte da Prefeitura da cidade. O imóvel fica localizado às margens da BR-222. A fábrica, destinada à produção de quatro modelos da marca, será financiada por um empresário mineiro com capital de investidores portugueses.

"Começamos o projeto ainda no início de 2020, mas foi paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus. Já recebemos incentivo fiscal da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante. A assinatura do protocolo de intenções com o então prefeito, Claudio Pinho, foi assinado em março de 2020. Nossa ideia era buscar também incentivos do Governo do Estado, por meio da Sedet (Secretaria do Desenvolvimento e Trabalho), mas o investidor alemão se antecipou", destaca o sócio da Fyber Star.

Assinatura do protocolo de intenções de sócios da Fyber Star com o então prefeito de São Gonçalo do Amarante, Claudio Pinho, em março de 2020
Assinatura do protocolo de intenções de sócios da Fyber Star com o então prefeito de São Gonçalo do Amarante, Claudio Pinho, em março de 2020 (Foto: Divulgação/Fyber Star)

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais