Carlos Mazza
clique para exibir bio do colunista

Colunista de política, o jornalista Carlos Mazza coordena o O POVO Dados, núcleo que trabalha com reportagens a partir de bancos de dados. Já foi repórter de Política e repórter especial do O POVO.

política
Opinião

Datafolha: em que bairros o voto está dividido em Fortaleza

Se a eleição deste ano em Fortaleza ocorresse nesta semana, Capitão Wagner (Pros) teria vantagem numérica na maioria dos bairros de Fortaleza, mas teria empate técnico com José Sarto (PDT) ou Luizianne Lins (PT) em parte da cidade.

A informação é da rodada da pesquisa O POVO/Datafolha, divulgada na última quarta-feira, 28. A coleta de dados levou em consideração o mapa atualizado com 12 Regionais de Fortaleza, aprovado pela Câmara Municipal em dezembro do ano passado mas ainda não implementado oficialmente pelo governo Roberto Cláudio (PDT).

Onde Capitão lidera

Para melhorar a análise dos dados, o Datafolha agrupou diferentes Regionais para formar cinco grandes territórios. Nessa análise do voto por bairros, Capitão Wagner só teria liderança isolada no território das regionais 10, 11 e 12, com 33% das intenções de voto, seguido por 20% de Sarto e 18% de Luizianne.

Nessa região estão bairros como Canindezinho, Parque Santa Rosa, Presidente Vargas, Conjunto Esperança, Mondubim, Aracapé, Vila Manuel Sátiro, Bela Vista, Couto Fernandes, Demócrito Rocha, Pici, Autran Nunes, Henrique Jorge, João XXIII, Jóquei Clube, Conjunto Ceará, Bom Jardim, Bonsucesso, Siqueira, Granja Portugal e Granja Lisboa.

Leia também | Segmentos: onde Sarto cresce e Luizianne cai

Onde Wagner e Sarto empatam

Em todos os outros territórios de Fortaleza, Wagner aparece empatado ou com Sarto ou com Luizianne dentro da margem de erro de três pontos para mais ou para menos. Um dos empates com o pedetista ocorre no território das regionais 3, 7 e 8, onde estão bairros como Aldeota, Meireles, Papicu, Varjota, Vicente Pinzon, Mucuripe, São João do Tauape, Dionísio Torres, Joaquim Távora, Praia do Futuro, Cocó, Cidade 2000, Manuel Dias Branco, Guararapes, Luciano Cavalcante, Edson Queiroz, Sapiranga e Sabiaguaba. Por lá, Wagner tem 29%, Sarto 27% e Luizianne 13%. É o empate mais apertado registrado em toda a cidade.

Empate com o pedetista também ocorre na área das regionais 6 e 9, onde estão bairros como Serrinha, Itaperi, Dendê, Parque Dois Irmãos, Dias Macedo, Boa Vista, Passaré, José Walter, Planalto Ayrton Senna, Barroso, Cajazeiras, Conjunto Palmeiras, Jangurussu, Ancuri e Pedras. Por lá, Wagner tem 31%, seguido de Sarto com 25% e Luizianne com 20%.

O resultado é curioso, pois mostra um crescimento maior de Sarto principalmente na área considerada mais nobre de Fortaleza, incluindo bairros como Aldeota, Meireles, Dionísio Torres e Cocó. O desempenho se reflete sobretudo em outro dado da pesquisa, que aponta liderança numérica do pedetista entre eleitores com renda mensal superior a cinco salários mínimos. Neste segmento, Sarto passou de 19% para 30% entre as duas rodadas da pesquisa, Wagner de 41% para 26% e Luizianne de 17% para 16%.

Leia também | Pesquisa O POVO/Datafolha: O que puxa os movimentos dos candidatos?

Onde Wagner e Luizianne empatam

Há ainda dois territórios de Fortaleza onde Capitão Wagner e Luizianne Lins estão tecnicamente empatados. O primeiro fica na área das Regionais 4 e 5, onde estão bairros como Antônio Bezerra, Quintino Cunha, Presidente Kennedy, Bairro Elery, Monte Castelo, Farias Brito, São Gerardo, Amadeu Furtado, Parquelândia, Benfica, Fátima, José Bonifácio, Montese, Damas, Jardim América, Parangaba, Vila Peri, Aeroporto, Vila União e Parreão. Por lá, Capitão tem 31%, seguido de Luizianne com 26% e Sarto com 19%.

Outra região com empate entre o candidato do Pros e a petista é na área das Regionais 1 e 2, onde estão bairros como Centro, Praia de Iracema, Vila Velha, Barra do Ceará, Cristo Redentor, Pirambu, Carlito Pamplona, Jacarecanga, Jardim Iracema, Álvaro Weyne, Floresta. Nesta região, Wagner tem 30%, Luizianne tem 24% e Sarto tem 21%.

Leia também | Wagner e Luizianne ainda são os mais conhecidos entre eleitores de Fortaleza

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais