Foto de Dicas da Tais
clique para exibir bio do colunista

Arquiteta e Urbanista, especialista em Arquitetura e Projetos Sustentáveis e Mestra em Ciência da Cidade. Professora Universitária e atuante na área da Construção Civil, da Arquitetura e do Design de Interiores

Dicas da Tais arquitetura e construção

Parede em tijolinho: como aplicar em casa de forma prática?

Eis aqui um artigo compilando as informações básicas necessárias para vocês terem o tijolinho na parede de casa
Tipo Análise
Ambiente com tijolinhos brancos (Foto: Darkmoon/pixabay)
Foto: Darkmoon/pixabay Ambiente com tijolinhos brancos

O artigo de hoje, começa assim: quem nunca pensou em dar uma repaginada em casa de um jeito BBB (Bom, Bonito e Barato), mas nunca resolveu executar?

Vou dizer uma coisa pra vocês: já vi e ouvi muito falar sobre os tijolinhos, mas acho que um artigo compilando as informações básicas necessárias para vocês terem o tijolinho na parede de casa seria uma boa pra ajudar a dar aquele empurrãozinho pra ajeitar o revestimento da parede da sala, ou da parede da cozinha, ou até do deck pra reunir os amigos e fazer um churrasco de comemoração da parede nova, né?

Tijolinho vai bem com tudo! Dependendo da cor então... Tira o aspecto da parede lisa e traz uma textura diferente.

Primeiro vou começar falando o que é e qual é o local mais indicado, pra depois explicar a diferença de um pro outro e aí a gente vai para o que mais importa: preço, como aplicar, o que precisa etc... Mas juro que é tão legal e simples que vocês vão querer sair correndo para comprar tudo que precisa e fazer em casa (aí me manda uma foto pra eu ver como ficou).

Então vamos lá, o tijolinho teve seu crescimento das renovações do tijolo tradicional, que era feito com a própria terra crua ou de argila e usado nas limitações dos ambientes, no fogo para produzir as telhas, e enfim... Deixando a parte da história um pouquinho de lado e focando no que a gente veio falar hoje, tem dois tipos de tijolinho que com certeza você já viu em algum lugar: Os tijolinhos em gesso e os tijolinhos em cerâmica.

Qual a diferença de cada um?

Parede de tijolinhos de gesso(Foto: Engin Akyurt/pixabay)
Foto: Engin Akyurt/pixabay Parede de tijolinhos de gesso

Os tijolinhos em gesso podem ser encontrados já com os bloquinhos feitos na fôrma (vendidos no saco ou na unidade), você pode também comprar a fôrma de silicone e fazer os seus próprios tijolinhos (misturando o gesso com a quantidade certa de água e usado gesso cola para aplicar), como também você pode contratar um gesseiro ou uma empresa especialista para realizar na sua própria parede de casa (Esta última opção você acaba ficando mais livre na escolha do tamanho).

Diferentemente dos tijolinhos em cerâmica, os tijolinhos de gesso não são recomendados em áreas molhadas/úmidas, como na cozinha, por exemplo, mas esse mesmo tijolinho em uma parede da sala, no escritório e nos quartos é uma bela saída pra dar uma mudada no local.

Montagem de parede com tijolinhos(Foto: Blog Almeida materiais)
Foto: Blog Almeida materiais Montagem de parede com tijolinhos


Gesso não é um produto caro, então o valor vai depender da qualidade da mão de obra e do dimensionamento que você quer aplicar (em metro quadrado).

É importante frisar que, às vezes, dependendo da mistura dos materiais para fazer o tijolinho, ele pode ficar esfarelando e aí você vai ter raiva de mim por ter indicado uma coisa que em vez de descansar você vai ter que dormir com uma vassoura na mão, então: PESQUISE PESSOAS BOAS E BONS MATERIAIS para funcionar direitinho. Gesso requer PACIÊNCIA.

Ah! E tem mais uma coisa: geralmente a gente não coloca tijolinho em todas as paredes do ambiente ao mesmo tempo (na maioria dos projetos), mas combinamos com outros materiais. Pinturas, papéis de parede, madeira, e vai compondo melhor o espaço como um todo. Cada caso é um caso!

E aí a cor dele você pode colocar a imaginação para trabalhar e escolher os diversos tipos de cores para a aplicação, por exemplo: muitos dos ambientes que possuem tijolinhos nos tons terrosos mais escuros são locais com estilo mais industriais.

Os branquinhos a gente encontra mais na sala, nos quartos, pra dar uma sensação de amplitude. E existe também o nude, que tá ali no meio termo. E ai o céu é o limite, você pode deixar tudo uniforme, ou você pode fazer cores em degradê, vai depender muito do seu estilo, gosto e espaço, mas olha aí embaixo o tanto de opção que a gente tem.

abrir

E eu que não gosto de gesso, faço o quê?

Aplicação de tijolinho esmaltado na cozinha (Foto: Reprodução Instagram)
Foto: Reprodução Instagram Aplicação de tijolinho esmaltado na cozinha

A opção para quem não quer de jeito nenhum o revestimento em gesso é o tijolinho de cerâmica esmaltado chamado: METRÔ, uma linha da marca Eliane. Tem várias cores disponíveis desse material no mercado que você pode escolher e você pode aplicar ele por cima do porcelanato existente (usando a argamassa adequada – AC3), ficando bem mais prático porque evita o quebra-quebra dentro de casa.

Dependendo da área de aplicação, em menos de um dia sua parede vai estar prontinha. E querendo, você pode usar o rejunte seco (sem rejunte) e o rejunte colorido (que a cor vai variar dependendo do projeto). Esse da foto ai embaixo é o metrô WHITE com rejunte BRANCO.

O tijolinho em cerâmica acaba sendo uma peça que vai bem com tudo, é fácil de limpar e é ótimo para ambientes com áreas molhadas: cozinha, varanda gourmet, deck etc...

Se vocês tiverem mais dúvidas sobre aplicação, corre nos destaques do meu Instagram que tem bem direitinho a aplicação de cada um dos modelos que mostrei ai em cima. Se for fazer em casa e esse artigo te ajudou, não esquece de me mandar uma foto para eu ver como ficou, ein?

E aí, vai decidir por qual?

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais