Foto de Henrique Araújo
clique para exibir bio do colunista

Henrique Araújo é jornalista e mestre em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Articulista e cronista do O POVO, escreve às quartas e sextas-feiras no jornal. Foi editor-chefe de Cultura, editor-adjunto de Cidades e editor-adjunto de Política.

"Todos têm condições de não apenas vencer a eleição, mas de cuidar da cidade", diz Samuel Dias

Tipo Notícia
Samuel Dias participou de entrevista na Rádio O POVO/CBN (Foto: MAURI MELO/O POVO)
Foto: MAURI MELO/O POVO Samuel Dias participou de entrevista na Rádio O POVO/CBN

Um dos pré-candidatos do PDT à Prefeitura de Fortaleza, o ex-secretário Samuel Dias conversou com a coluna sobre a indicação, anunciada hoje à noite pelo prefeito Roberto Cláudio e o deputado federal André Figueiredo.

Além dele, também estão no páreo na disputa pelo Paço os deputados estaduais José Sarto, presidente da Assembleia Legislativa, e Salmito Filho; o ex-secretário da Regional II Ferruccio Feitosa; e o deputado federal e ex-secretário da Educação Idilvan Alencar.

Segundo Dias, todos os cinco nomes de potenciais concorrentes do partido reúnem qualidades para a corrida eleitoral.

“Grandes nomes foram apresentados, todos com excelentes condições de cumprir essa grande missão de não apenas vencer uma eleição, mas sobretudo para cuidar bem da nossa cidade”, disse.

Braço direito de RC, que não esconde preferência pelo auxiliar, Dias afirma que, entre as tarefas do concorrente pedetista em 2020, está a de “dar continuidade às transformações pela qual a cidade vem passando”.

Para ele, o novo processo que o PDT começa a partir da terça-feira que vem, 21, com debates entre pré-candidatos e rodadas de conversas virtuais, é uma “metodologia inovadora”.

“Os pré-candidatos, muito mais do que disputar uma indicação”, continua o ex-gestor, “vão construir através do debate de ideias a candidatura do partido”.

Ainda conforme o possível postulante, “não se trata de uma disputa dentro do partido, e sim de uma cooperação para aclarar qual a nossa melhor opção, dentre os grandes nomes que temos”.

Ao todo, o PDT fará oito encontros, às terças e quintas a partir da semana que vem, estendendo-se até agosto. Pelo novo calendário eleitoral, o partido tem até 16 de setembro para chancelar um nome e apresentá-lo.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais