clique para exibir bio do colunista

Colunista e editor-chefe dos núcleos de Economia e Negócios do O POVO. Também é âncora da rádio O POVO-CBN e apresenta flashes na rádio CBN Cariri e em breve na rádio CBN Teresina. É o editor-geral do Anuário do Ceará e do Guia de Investimentos de São Paulo

JocelioLeal • Opinião

Arialdo minimiza fim de voo e aposta na Itália

Por

O fim do voo da Condor ligando Fortaleza a Frankfurt, em frequência semanal, não preocupa o secretário do Turismo do Estado, Arialdo Pinho. Ele deu de ombros. "Estamos perdendo somente um voo semanal para Europa, de uma companhia que está com problema com sua sócia que é uma grande operadora mundial". Ele disse à coluna que o Ceará segue acompanhado pelo mercado.

"Somos excelente opção no mercado, ao consolidar as linhas existentes teremos várias outras opções. E para ter novas linhas teremos de ter passageiros antes". "Precisamos consolidar Air France (3 frequências ) KLM (4 frequências ) e Air Europa (inicia com duas e em junho de 20 chega a três). E temos a TAP (sete frequências) e Cabo Verde Airlines (conexão com três frequências). Estamos perdendo somente uma frequência, e na alta 1 ). Temos contato com Alemanha, que está aguardando a consolidação nos nossos voos".

Arialdo foi à Itália. A Secretaria do Turismo participa da TTG Travel Experience, em Rimini, a 341 km de Roma. É a maior feira de turismo do país. São três mil expositores e 80 mil visitantes. Arialdo considera a segunda maior feira turismo da Europa. "A Itália é um importante emissor para o Ceará". Dentro do evento, acontece a SIA - Hospitality Design e a SUN Beach& outdoor style. A Feira TTG Rimini começou na quarta-feira e acaba hoje.

Arialdo Pinho fica na Itália. Na segunda acontece em Milão o lançamento do voo da Air Europa Madri-Fortaleza-Madri no mercado Italiano. A Itália é o segundo maior destino da Air Europa. "Acredito fortemente que se trabalhamos bem este mercado, temos um forte potencial", diz o secretário.

ANDRÉ SALLES

Solar Coca-Cola muda de comando

A Solar Coca-Cola, com sede em Fortaleza, anunciou ontem mudança no comando. Sai Mario Veronezi e assume como CEO o carioca André Seabra Salles. O novo presidente tem mais de 19 anos de experiência no setor de alimentos e bebidas. No sistema Coca-Cola, ocupou posições importantes. Também na Vonpar e Brasil Kirin (comprada pela Heineken). Mais recentemente, foi presidente da francesa Lactalis no Brasil.

Assumiu como CEO na Lactalis em 2017. A empresa é maior indústria de laticínios do Rio Grande do Sul e uma das líderes nacionais. Possui 236 fábricas em 85 países e detém marcas como Président, Elegê, Batavo e Parmalat. O Conselho de Administração da Solar mandou nota aos funcionários agradecendo Veronezi e dando boas-vindas ao sucessor.

Veronezi deixa a posição após quase 40 anos no Sistema Coca-Cola. A Solar é a segunda maior fabricante do Sistema Coca-Cola no Brasil e está entre os 20 maiores fabricantes do Sistema Coca-Cola no mundo. É uma das dez maiores empresas do Nordeste e uma das maiores empresas de bens de consumo do País. Tem como principal acionista o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

VEÍCULOS

Novo HB20 chega às lojas

.
. (Foto: .)

A Hyundai começou ontem a vender o hatch do HB20 Nova Geração. Tem versões com o motor 1.0l Turbo GDI com injeção direta de combustível. Desta vez só a hatch. Em novembro chega a carroceira sedã HB20S e em dezembro, a aventureira HB20X. A nova geração do HB20 custa entre R$ 46.490 e R$ 81.290. A pré-venda, organizada pelas concessionárias após o lançamento oficial da nova geração da família HB20, a partir da segunda quinzena de setembro, chegou a declaradas 4 mil unidades reservadas.

BOEING

NG era avião de Fortaleza-Orlando

O Boeing 737 NG, cujas operações foram suspensas ontem pela FAA - o órgão de segurança aérea dos EUA - por conta das rachaduras surgidas entre as asas e a fuselagem, é o equipamento que vinha atendendo Fortaleza Orlando na Gol. A companhia teve de suspender as operações de 11 deles. Assim, sente o fogo do inferno astral da Boeing, a fabricante do 737 MAX , uma grande aposta da Gol que acabou proibido de voar também por insegurança.

VCI

Mais um resort no Ceará

A VCI S/A, a investidora de hotéis com a marca Hard Rock no Brasil, toca a obra do hotel na Lagoinha (Ceará) e mira em novo resort no litoral cearense. Não será na beira da praia, mas terá água. Agenda também em hotel urbano, na avenida Paulista. É vitaminada por fundo de Singapura.

Horizontais

Até - A Wine colocou no seu portfólio cinco rótulos de vinhos chineses. Passa a vender no e-commerce vinhos da vinícola Changyu Pioneer Wine Company

Em Sampa - A Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), a Assessoria de Assuntos Internacionais e da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) participam do Fórum de Investimentos Brasil 2019. O evento é do BID e Apex. Ontem e hoje.

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais