Esportes

Após perder uma posição por tropeços, Fortaleza mira se manter no G-4 da Série A

Leão entrará em campo diante do Sport-PE, amanhã à noite, ciente dos resultados de Flamengo-RJ e RB Bragantino-SP, concorrentes diretos. Tricolor pode subir para terceiro, seguir em quarto ou cair para quinto
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Fortaleza, de Vojvoda, vem em sequência de seis jogos sem vitória (Foto: Pedro H. Tesch/AE)
Foto: Pedro H. Tesch/AE Fortaleza, de Vojvoda, vem em sequência de seis jogos sem vitória

Até entrar em campo diante do Sport-PE, às 18h15min de amanhã, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, Região Metropolitano do Recife (PE), o Fortaleza ficará atento a outros confrontos da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro para estar a par da situação na tabela de classificação. Após perder uma posição devido aos tropeços recentes, a equipe do Pici mira se manter no G-4 e com distância para os concorrentes diretos.

Entre os quatro primeiros colocados em 19 das 21 rodadas, o Tricolor estava na terceira posição desde a 12ª rodada, no dia 17 de julho, quando bateu o São Paulo por 1 a 0, no Morumbi. A derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, quase dois meses depois, custou a queda para a quarta colocação na 21ª rodada, que se manteve após o revés para o Internacional-RS.

Sem vencer na Série A há seis jogos, três empates e três derrotas, o Leão soma 33 pontos e tem vaga garantida no G-5 por mais uma rodada, mas poderá mudar de posição no fim de semana — uma para cima ou uma para baixo ou até seguir na mesma. Em meio à série negativa, Atlético-MG e Palmeiras-SP abriram vantagem nas duas primeiras posições, enquanto a distância para o oitavo colocado encurtou para quatro pontos.

O primeiro embate da 22ª rodada que interessa aos comandados de Vojvoda é o dérbi paulista entre Corinthians-SP e Palmeiras-SP, hoje à noite. O Timão é o sexto colocado e soma 30 pontos, enquanto o Palmeiras-SP tem 38, na vice-liderança. Em caso de triunfo, o time alvinegro pode igualar a pontuação do Fortaleza, mas leva desvantagem no número de vitórias. Já um revés do Verdão combinado a uma vitória tricolor poderia reduzir a diferença para dois pontos.

Amanhã de manhã, o Flamengo-RJ visita o América-MG. O Rubro-Negro, que tem três jogos a menos, está com 34 pontos e pode frear ou abrir margem para uma subida do Leão na classificação. À tarde, será a vez de o RB Bragantino-SP encarar o Fluminense-RJ. O Massa Bruta também tem 33 pontos — mas um triunfo a menos — e é o fiel da balança da situação cearense na tabela.

O próprio Tricolor das Laranjeiras e o Internacional-RS, algoz na última rodada, também estão no radar do time do Pici. Gaúchos e cariocas estão no G-8, ambos com 29 pontos, e tentam se aproximar da briga por vaga direta na próxima edição da Copa Libertadores. Um resultado positivo do Flu poderia ser benéfico para segurar o Bragantino-SP, mas significaria mais um concorrente. O Colorado, por sua vez, recebe o Bahia, que briga contra o rebaixamento.

Projeções e cálculos à parte, o Leão mantém o foco no duelo nordestino contra o Rubro-Negro para retomar as vitorias e não depender de outros resultados para seguir no G-4. Recuperar uma posição seria bem-vindo, mas o intuito é não perder mais uma e dar fim ao jejum.

"Todas as equipes vão passar por essa fase. A gente teve um excelente primeiro turno, venceu os jogos. A gente vem jogando bem nesses últimos jogos, só que os resultados não estão acontecendo. A gente tem que valorizar o nosso desempenho também. O resultado não veio, mas a equipe está mantendo um padrão de jogo", ponderou o zagueiro Marcelo Benevenuto.

Made with Flourish
Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais