Esportes

Ceará duela com lanterna Chapecoense no Castelão e quer pôr fim ao jejum de vitórias

Vovô tem, em tese, a melhor oportunidade de voltar a vencer na competição. Para enfrentar a Chape, Tiago Nunes terá de fazer pelo menos uma mudança no time, no caso, na zaga
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Luiz Otávio terá nova dupla na zaga do Ceará (Foto: Aurelio Alves)
Foto: Aurelio Alves Luiz Otávio terá nova dupla na zaga do Ceará

Na teoria, o jogo de hoje, às 17 horas, contra Chapecoense-SC, no Castelão, é a melhor oportunidade para Ceará pôr fim ao jejum de vitórias na Série A do Campeonato Brasileiro, que já dura seis partidas. É chance também para Tiago Nunes conseguir seu primeiro resultado positivo com o Vovô.

Os motivos são claros. Além de lanterna da competição, a Chape tem a pior defesa do campeonato, só faturou uma vitória em 21 rodadas e tem 13 pontos a menos que o primeiro time fora da zona de rebaixamento — ou seja, não tem motivação imediata.

Não se pode dizer o mesmo do Ceará. O time vem despencando na tabela de classificação e, se não sair de campo vencedor hoje, corre risco de ver a distância para o Z-4 cair para apenas um ponto — mas não pode entrar na zona da degola por conta do confronto entre Santos-SP e Juventude-RS. Some-se isso a pressão externa, e até interna, que pode aumentar em caso de mais uma partida sem a conquista dos três pontos.

O histórico do Vovô contra times que estão na zona de rebaixamento não tranquiliza em nada. De todos os times que encarou nessa situação até aqui, o Alvinegro só bateu o Grêmio, mas ainda na primeira rodada, quando ainda não se imaginava que a participação do time gaúcho seria de briga pela permanência. O fator Castelão também não parece pesar, já que a última vitória do Alvinegro lá foi em 1º de agosto, no Clássico-Rei da 14ª rodada.

Existe, no entanto, uma clara diferença de qualidade técnica entre as equipes e, jogando em casa, o Ceará terá de tomar as rédeas da partida e apresentar uma postura bem mais agressiva que a das últimas partidas. Para o duelo, o técnico Tiago Nunes tem até duas peças para estrear, se quiser: o atacante Gabriel Santos, que já treina no clube há duas semanas, e o lateral-direito Igor, regularizado ontem.

Apesar de Nunes ter feito mais testes durante a semana, mudança garantida na escalação inicial mesmo somente na zaga. Sem Messias, o jovem Gabriel Lacerda deve ser reconduzido à titularidade. Ele fará dupla inédita com Luiz Otávio nesta Série A.

“O que muda para mim, quando vou jogar com um dos dois, é mais o lado mesmo. Com o Messias, eu jogo mais do lado esquerdo, e com o Luiz Otávio eu costumo jogar pelo lado direito. Mas não sinto tanta diferença, os dois me passam uma confiança, me deixam muito tranquilo na partida. No ano passado, eu joguei mais com o Luiz e esse ano joguei mais com o Messias. Me sinto muito seguro jogando com qualquer um dos dois", garante Lacerda.

No meio de campo, há dúvida se Geovane será mantido e, no meio, Vina pode perder espaço para Lima.

O técnico da Chapecoense, o ex-volante Pintado, aposta em um Ceará ofensivo. Na coletiva pré-jogo, ele revelou que preparou a equipe para suportar a pressão alvinegra e ser fatal quando tiver a oportunidade de contra-atacar.

“Vamos enfrentar uma equipe que está a três pontos da zona de rebaixamento, pressionada (...) Tenho certeza que vamos ser pressionados desde o primeiro minuto. Temos que entrar muito ligados, sustentar a parte defensiva para em um momento do jogo construir o momento ofensivo”, disse o comandante da Chape.

Ele não contará com os meias Anderson Leite, Léo Gomes e Felipe Baxola, nem com o zagueiro Joilson. Durante a semana, Pintado chegou a ensaiar uma formação com quatro atacantes, mas, no treino de apronto, recuou e deve ir com três homens no meio de campo.

Ceará x Chapecoense

Ceará
4-2-3-1: Richard; Gabriel Dias, G. Lacerda, Luiz Otávio e B. Pacheco; F. Sobral e Geovane (Marlon); Rick (Erick), Vina (Lima) e Kelvyn; Jael

Chapecoense
4-3-3: Keiller; Matheus, Jordan, Kadu e Busanello; Moisés, Alan Santos e Denner; Bruno Silva, Anselmo Ramon e Mike. Téc: Pintado

Local: Castelão, em Fortaleza-CE
Data: 25/9/2021
Horário: 17 horas
Árbitro: Caio Max Vieira-RN
Assistentes: Jean Márcio dos Santos-RN e Lorival Cândido das Flores-RN
VAR: Pablo Ramon Pinheiro-RN
Transmissão: Premiere, Rádio O POVO CBN FM 95.5 e AM 1010, Facebook e YouTube do O POVO Online (áudio)

Made with Flourish
Made with Flourish


Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais