Logo O POVO Mais
Vida & Arte

Exclusivo: Jessica Chastain fala sobre a minissérie "Scenes From a Marriage"

Em entrevista exclusiva, Jessica Chastain aborda processos, desafios e questões da minissérie "Scenes From a Marriage", releitura de obra de Ingmar Bergman lançada nos anos 1970
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
Jessica Chastain e Oscar Isaac contracenam em 'Scenes from a Marriage'. Os dois são amigos há duas décadas (Foto: Jojo Whilden / divulgação)
Foto: Jojo Whilden / divulgação Jessica Chastain e Oscar Isaac contracenam em 'Scenes from a Marriage'. Os dois são amigos há duas décadas

Para Jessica Chastain, "Scenes from a Marriage" foi uma experiência única em uma carreira. Trabalhar em um material emocionalmente desafiador e extremamente exigente com o roteirista/diretor Hagai Levi e estrelar com Oscar Isaac foi, ela diz, algo destinado a acontecer.

A atriz duas vezes indicada ao Oscar foi inicialmente avisada do projeto por Isaac, amigo dela desde que ambos estudaram drama juntos na Julliard, em Nova York, há duas décadas, e ela ficou imediatamente intrigada.

"Chegou a mim quase um ano antes de começarmos a filmar", lembra ela. "Oscar, que eu conheço desde sempre - fomos para a escola juntos -, me mandou um e-mail antes mesmo de se envolver (com a série) e disse: 'Ei, ouça, a HBO está fazendo o 'Scenes from a Marriage'. Eu quero fazer isso com você".

"Ele me disse que Hagai estava envolvido - e isso, é claro, antes da covid - e eu disse 'sim, vamos ambos tentar entrar nisso'. No entanto, eu estava com a agenda cheia. Eu deveria estar fazendo 'A Doll's House' no West End, então disse, 'se as pessoas esperarem; minha agenda está bem lotada, esse é o único problema".

"E (a série) seguiu seu curso, não foi capaz de esperar. Então, quando a covid chegou, minha agenda ficou um pouco livre, então quando Oscar me mandou um e-mail antes de filmar e disse 'a propósito, agora (o papel) está disponível novamente', era o momento perfeito. Eu sabia muito antes - mesmo antes de Oscar e eu estarmos no projeto – que isso estava em meu mundo como algo que parecia que deveria acontecer. E eu sabia disso no segundo em que li o roteiro".

abrir

A original "Cenas de Um Casamento", de Ingmar Bergman, foi ao ar pela primeira vez na TV sueca em 1973, estrelada por Erland Josephson e Liv Ullmann como Johan e Marianne, um casal aparentemente feliz, a princípio, cujo casamento fica mal quando ele tem um caso. Exibido em seis episódios, o programa conquistou a nação com incríveis 3,5 milhões de pessoas - quase metade da população naquela época – sintonizando o episódio final.

A versão de Levi é uma releitura contemporânea do original e é uma dolorosa, honesta e comovente história de um casal que se ama, mas está caminhando para o divórcio. A nova série limitada de cinco episódios explora papéis de gênero, amor, ódio, desejo, monogamia e casamento através das lentes de um casal americano contemporâneo.

Isaac interpreta Jonathan, um professor de filosofia, e Chastain é Mira, uma executiva poderosa de tecnologia que é a principal fonte de recursos do casal, enquanto o marido trabalha principalmente em casa e cuida da filha deles, Ava.

Jessica tem uma conexão pessoal com a série original de Bergman – a atriz foi dirigida por Ullmann no aclamado filme de 2014 "Miss Julie" e escreveu para ela antes do início das filmagens do novo "Scenes from a Marriage".

"Mantivemos contato", explica. "Eu mandei um e-mail para ver como ela estava e ela me escreveu de volta. Eu sei que muitas pessoas ficam nervosas sobre revisitar 'Scenes from a Marriage' e posso entender isso porque, para mim, é um trabalho perfeito, especialmente para aquele período".

"Realmente resume muito sobre o casamento e os papéis de gênero da época. Eu só queria que ficasse claro que eu não estava interpretando Marianne - e não há outra além de Liv que poderia fazer isso, há apenas uma Marianne e essa é Liv Ullmann - e eu não queria que ela pensasse que eu estava, em certo sentido, tomando algo que ela havia criado".

"Esta é uma visão moderna do casamento. Além disso, o que acho muito interessante é olhar para a série original e depois para a nossa e ver como os papéis de gênero mudaram nos últimos cinquenta anos".

Em contraste com o texto original de Bergman, a nova série acontece quase inteiramente na casa de Mira e Jonathan, nos arredores de Boston, que evolui visualmente em conjunto com as mudanças das narrativas.

Crucialmente, também, Levi inverte os papéis tradicionais de gênero. "A partir do momento que eu li - e cheguei ao episódio dois e a mudança havia sido feita - tornou-se incrivelmente interessante para mim porque realmente retrata mulheres e meu personagem, Mira, como um ser humano plenamente realizado", diz Jessica.

"Considerando que quando eu olho para o original... Liv Ullmann é como uma deusa, ela é um anjo e tão linda, maravilhosa e fantástica, mas o personagem Johan é bastante chauvinista. Eu realmente gostei da ideia de explorar uma mulher com complicações e complexidades. Para mim isso foi realmente a parte emocionante disso".

"Scenes from a Marriage" foi filmado em um estúdio em Nova York, onde o interior da casa de Jonathan e Mira - no início um lar feliz, mas depois o palco do desgosto quando ela anuncia que está indo embora - foi construído pelo designer de produção Kevin Thompson e sua equipe.

Embora apoiado por um elenco estelar que aparece em papéis coadjuvantes nos episódios um e cinco, "Scenes from a Marriage" é essencialmente um jogo de duas mãos com Jessica e Oscar, como Mira e Jonathan, desfazendo meticulosamente os fluxos e refluxos de brigas brutais e trocas amorosas, abrangendo um período de cinco anos. Foi, diz a atriz, intenso, desafiador, cru e às vezes doloroso.

"Quando conhecemos Mira, ela está em uma depressão conjugal na qual está sufocada e silenciada - e foi muito interessante explorar tudo isso com o Oscar. Também se tornou difícil e bastante doloroso em episódios posteriores. Quando você está filmando essas cenas com alguém que você realmente ama - porque existe um amor profundo entre Oscar e eu - torna-se muito complexo e difícil de navegar".

"Acho que você vê isso no trabalho. Foi uma filmagem crua para nós e graças a Deus nossa amizade está bem e continuamos conversando, nossas famílias passaram férias e muito tempo juntas. Mas enquanto estávamos filmando, bem no começo, eu olhei para ele e disse 'vamos ser amigos depois disso?', porque também parecia perturbador e muito intenso. Mas estou muito feliz em dizer que ainda estamos muito bons amigos".

"A realidade é que foi divertido porque, realmente, uma tomada de 20 minutos é uma coisa divertida na qual estar envolvido; é como se você estivesse em uma onda de energia, mas também incrivelmente doloroso. E na maneira como Hagai funciona, porque ele conhece muito bem a terapia, há muita coisa que somos chamados a minar dentro de nós, então foi uma experiência bastante dolorosa - uma na qual estou muito, muito feliz por estar envolvida, mas não é algo que eu olhe para trás de uma maneira alegre. Espero trabalhar com Hagai e Oscar várias vezes - e ambos sabem disso - mas, para mim, não vejo a experiência como sendo feliz".

Mas, ela enfatiza, estava escrito e ela não teria perdido a experiência. No início de sua carreira, ela fez o teste para o piloto de "In Treatment", que foi criada por Levi para a HBO a partir de sua série israelense "BeTipul". "Eu fiz um teste para o episódio piloto e não consegui", ela ri. "Mas eu era muito jovem, então tudo bem. E funcionou muito bem porque agora estamos todos nisso - este é o trabalho que deveríamos fazer juntos".

"Scenes From a Marriage"

Quando: domingos, às 22 horas

Onde: HBO e HBO Max 

Filmografia

Os filmes de Chastain incluem “Histórias Cruzadas, “A Hora Mais Escura”, “O Abrigo”, “A Grande Mentira”, “Coriolanus”, “A Árvore da Vida”, “Em Busca de um Assassino”, “Os Infratores”, “The Color of Time”, “Mama”, “Dois Lados do Amor”, “Interestelar”, “O Ano Mais Violento” (no qual ela estrelou com Oscar Isaac), “Perdido em Marte”, “O Caçador e a Rainha de Gelo”, “Armas na Mesa”, “O Zoológico de Varsóvia”, “A Grande Jogada”, “Uma Mulher Exemplar”, “X-Men: Fênix Negra”, “It – Capítulo 2” e “Ava”. Mais tarde em 2021, ela será vista em “Os Olhos de Tammy Faye” e em “The Forgiven”.

'Cenas de Um Casamento' original foi escrita e dirigida por Ingmar Bergman. Nos papeis centrais, o ator Erland Josephson e a atriz Liv Ullmann
'Cenas de Um Casamento' original foi escrita e dirigida por Ingmar Bergman. Nos papeis centrais, o ator Erland Josephson e a atriz Liv Ullmann

Cenas de dois casamentos

Ingmar Bergman é um dos principais nomes do cinema mundial. Indicado a 9 Oscars e vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim de 1958 com "Morangos Silvestres", o diretor sueco é dono de longa carreira iniciada ainda nos anos 1940.

Depois de ter dirigido clássicos como "Gritos e Sussurros" (1972), "Persona" (1966), "A Fonte da Donzela" (1960) e "O Sétimo Selo" (1957), Bergman apostou no início dos anos 1970 em uma produção para a TV sueca. Entre abril e maio de 1973, foram exibidos os cinco episódios de "Cenas de Um Casamento".

A minissérie, com roteiro e direção de Bergman, foi inspirada nas próprias experiências afetivas do cineasta, incluindo com a protagonista Liv Ullmann, com quem se relacionou entre 1965 e 1970.

A produção repercutiu intensamente na época, inclusive estimulando uma campanha pela elegibilidade da obra no Oscar. Isso porque a minissérie teve uma versão reduzida para exibição nos cinemas.

Artistas demandaram em cartas abertas mudanças de regras para ser possível que a produção disputasse o prêmio. Um dos abaixo-assinados foi de 13 atrizes que pediam que "Cenas de Um Casamento" pudesse ser considerado para o Oscar para que Liv Ullmann fosse elegível ao prêmio de Melhor Atriz. Entre quem defendia isso, estavam Liza Minnelli, Elizabeth Taylor, Jane Fonda e Ingrid Bergman.

Para quem quiser comparar, a versão cinematográfica da obra sueca, com 163 minutos de duração, está disponível na Telecine. (João Gabriel Tréz)

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"