Logo O POVO Mais
Reportagem Seriada

Investigações de disparos contra Cid Gomes ainda não terminaram

Episódio 4

Investigações de disparos contra Cid Gomes ainda não terminaram

Episódio 4
Tipo Notícia Por

O um ano que completa o motim da Polícia Militar também é o um ano que completa o episódio dos disparos de arma de fogo contra o senador Cid Gomes (PDT). O caso também aguarda conclusão das investigações.

O senador foi baleado no segundo dia da paralisação, em 19 de fevereiro, por volta das 17h30min, no momento em que avançava com uma retroescavadeira na tentativa de romper o portão do 3º Batalhão da PM, em Sobral (a 234km da Capital), tomado pelos manifestantes. Cid levou dois tiros.

Data de 10 de novembro último, a última movimentação que consta do processo no sistema de consulta processual do Tribunal de Justiça do Estado (TJCE). Em 6 de julho, o Ministério Público Estadual (MPCE) havia pedido mais 60 dias para a conclusão do inquérito. A autoria do crime ainda não havia sido esclarecida e novas diligências foram solicitadas. Até então, entre os trabalhos feitos pela Delegacia de Assuntos Internos (DAI) estão a quebra de sigilo de dados de investigados, laudo pericial para caracterização do calibre de projéteis e estojo e laudo pericial em local de crime.

Durante paralisação, policiais assistiram vídeo gravado por Cid Gomes ao se recuperar dos tiros no hospital(Foto: 21 09:30:21)
Foto: 21 09:30:21 Durante paralisação, policiais assistiram vídeo gravado por Cid Gomes ao se recuperar dos tiros no hospital

Essa notícia foi relevante pra você?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Conteúdo exclusivo

Saiba mais

Estamos disponibilizando gratuitamente um conteúdo de acesso exclusivo de assinantes. Para mais colunas, vídeos e reportagens especias como essas acesse sua conta ou assine O POVO +.

Recomendada para você

"