Neila Fontenele
clique para exibir bio do colunista

Colunista de Economia, Neila Fontenele já foi editora da área e atualmente ancora o programa O POVO Economia da rádio O POVO/CBN e CBN Cariri.

Opinião

Estados terão de desenhar políticas de trabalho

Enquanto não houver vacinação em massa e o coronavírus não for controlado, a economia sofrerá os prejuízos das restrições impostas. Os mais pobres sentem o lado mais cruel dessa tragédia sanitária, empurrados para situações subumanas.

Quem conseguiu voltar ao mercado de trabalho, em muitos casos, teve de se submeter a novas formas de contratação. O emprego intermitente foi uma delas. Em 2020, no Ceará, foram gerados 18.546 novos postos de trabalho; destes, 2.470 foram intermitentes, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Ou seja, das novas vagas abertas, 13,3% eram neste formato.

Como tudo na vida, os números também dependem do ângulo observado e, assim, o saldo da geração de emprego também é relativo: quando se olham as admissões, esses contratos representam pouco mais de 1 % das movimentações. Uma das leituras feitas é de que o empresariado local costuma fazer ajustes através da rotatividade do seu corpo de empregados, mas ainda é cauteloso na forma de contratar.

Independente do olhar sobre o saldo de admissão e das novas formas de contratação em diversos setores, o mais relevante é a necessidade de uma estratégia de trabalho e emprego. Essa é uma questão que vem sendo discutida no mundo todo, principalmente diante do crescimento do número de trabalhadores informais que prestam serviços através de aplicativos.

A pandemia expôs o agravamento da precarização do trabalho e da situação das pessoas que estão desprotegidas sem seguro-desemprego, sem auxílio emergencial e mergulhadas na informalidade.

Os estados têm tido um papel importante no combate ao vírus, assumindo a liderança das ações. Infelizmente terão de assumir mais esse papel. Não é possível esperar só o Governo Federal: será preciso o desenvolvimento de uma intelligentsia para lidar com a situação, que não pode se restringir à manutenção de algumas agências do Sine, nem ao pagamento de auxílio emergencial a algumas categorias desprotegidas (como foi o caso recente do setor de eventos), nem à atração de investimentos. As ações terão de ser amplas, voltadas para políticas de médio e curto prazo, prevendo um tempo até superarmos essa catástrofe, e envolvendo a iniciativa privada.

A situação exige pensamentos "fora da caixa", construídos de forma conjunta com a sociedade, e não apenas a aplicação de velhos modelos. Mesmo com os desgastes ocorridos devido às restrições impostas a alguns setores, o governador Camilo Santana ainda possui capital político para sair na frente e inovar nessa área.

Marcos Soares, presidente do CIC
Foto: Divulgação
Marcos Soares, presidente do CIC

HUB

ESTÍMULO À PRODUÇÃO DE ENERGIAS

O lançamento do Hub de Hidrogênio Verde, assinado ontem, pode colocar o Ceará em posição de destaque global na área de energia. O presidente do Centro Industrial do Ceará (CIC), Marcos Soares, prevê mais investimentos e estímulo às empresas ligadas às energias eólica e solar. Pelas projeções internacionais, em 2050, o hidrogênio representará 18% de toda a energia consumida mundialmente.

Maracanaú

ABERTURA DE CONCESSÕES

O empresário André Siqueira assumiu a Secretaria Especial de Parcerias e Concessões de Maracanaú. Recebeu o desafio de identificar oportunidades de negócio e atrair investimentos privados para o Município.

Trata-se de uma aposta do prefeito Roberto Pessoa na geração de oportunidades, através de energia solar, da operação do aterro sanitário, de reformas de escolas, da concessão de espaços públicos e de soluções tecnológicas para serviços públicos. Os contratos devem seguir os modelos de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), permitindo a participação de pessoas físicas ou jurídicas.

Frosty

NOVAS LOJAS

Em projeto de expansão para o ano de 2021, a Sorvetes Frosty abrirá mais três novas lojas em Fortaleza nas próximas semanas. As novas unidades serão nos bairros Conjunto Ceará e Genibaú, e no Solares Shopping, no Parque São José.

 

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais