Reportagem Seriada

História ilustrada: a greve dos jangadeiros contra a escravidão no Ceará

Uma crônica de rima quebrada, nos passos do teatro de rua, sobre parte de um enredo cheio de silêncios referente a um período nefasto da história do Brasil
Episódio 5

História ilustrada: a greve dos jangadeiros contra a escravidão no Ceará

Uma crônica de rima quebrada, nos passos do teatro de rua, sobre parte de um enredo cheio de silêncios referente a um período nefasto da história do Brasil Episódio 5
Tipo Crônica Por

Em mais um episódio da série especial sobre os 140 anos da Greve dos Jangadeiros de Fortaleza, que, em janeiro e agosto de 1881, se rebelaram contra o tráfico de seres humanos negros escravizados no Ceará, O POVO traz uma história ilustrada que pode ser lida, musicada e encenada.

Uma crônica de rima quebrada, nos passos do teatro de rua, sobre parte de um enredo cheio de silêncios referente a um período nefasto da história do Brasil.

No primeiro episódio, O POVO lançou luz sobre o protagonismo do casal de negros alforriados José Luiz Napoleão e Maria Simôa da Conceição (Tia Simôa) na primeira rebelião no Porto de Fortaleza. Agora, conta o surgimento do mito do Dragão do Mar e da Jangada Libertadora.

A jangada, o nosso símbolo

Como uma jangada se tornou um personagem da Abolição no Brasil. É o que vamos contar agora com texto de Demitri Túlio, ilustrações de Carlus Campos e montagem de Wanderson Trindade.

 



  • Edição Érico Firmo e Fátima Sudário
  • Textos Demitri Túlio
  • Ilustrações Carlus Campos
  • Montagem Wanderson Trindade
Essa notícia foi relevante pra você?

Os Dragões do Ceará

Em 2021 completam-se 140 anos do movimento de jangadeiros que encerraram o tráfico negreiro no Ceará e começaram a encerrar a escravidão na província e no Brasil. O POVO vasculha as histórias dessa história, inclusive as que ficaram quase esquecidas

Conteúdo exclusivo para assinantes

Conteúdo exclusivo

Saiba mais

Estamos disponibilizando gratuitamente um conteúdo de acesso exclusivo de assinantes. Para mais colunas, vídeos e reportagens especias como essas acesse sua conta ou assine O POVO +.

Logo O POVO Mais