Foto de Abraão Saraiva Jr
clique para exibir bio do colunista

Mestre e doutor em Engenharia de Produção (Poli USP). Fundador e coordenador do Centro de Empreendedorismo da UFC. Professor e coordenador de Empreendedorismo da UFC

Empreendedorismo inovador na universidade

Na quinta edição desta coluna, iremos apresentar e refletir sobre as ações de outros centros de empreendedorismo (e iniciativas com nomenclaturas correlatas tais como núcleos, escritórios e ligas de empreendedorismo) de Instituições de Educação Superior (IES) cearenses
De forma complementar, a Unifor também possui o Parque Tecnológico (TecFor) e o Espaço de Desenvolvimento de Empresas de Tecnologia (Edetec) como iniciativas importantes para dar suporte e estruturar negócios inovadores desenvolvidos por estudantes e por pesquisadores com expertise técnico-científica em parceria, inclusive, com grandes empresas (Foto: Thais Mesquita)
Foto: Thais Mesquita De forma complementar, a Unifor também possui o Parque Tecnológico (TecFor) e o Espaço de Desenvolvimento de Empresas de Tecnologia (Edetec) como iniciativas importantes para dar suporte e estruturar negócios inovadores desenvolvidos por estudantes e por pesquisadores com expertise técnico-científica em parceria, inclusive, com grandes empresas

Na quinta edição desta coluna, iremos apresentar e refletir sobre as ações de outros centros de empreendedorismo (e iniciativas com nomenclaturas correlatas tais como núcleos, escritórios e ligas de empreendedorismo) de Instituições de Educação Superior (IES) cearenses.

Além do Centro de Empreendedorismo da Universidade Federal do Ceará (CEMP UFC), abordado na edição anterior desta coluna, outras IES têm desenvolvido ações para fortalecer o empreendedorismo inovador no Estado do Ceará. Como primeiro exemplo, pode ser citada a Universidade de Fortaleza (Unifor) com o Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade (EGES), iniciativa voltada à sensibilização de estudantes universitários para a cultura empreendedora; à realização de capacitações, reportagens, programas de rádio, publicações e eventos sobre negócios & gestão; à organização do Prêmio Você Empreendedor; à aproximação de estudantes e ex-estudantes com o mundo empresarial; entre outras ações.

 VEJA TEXTOS DE ABRAÃO SARAIVA JR 

+Parte 1 - Empreendedorismo inovador na universidade

+Parte 2 - Empreendedorismo inovador: a universidade no Centro dos negócios 

+Parte 3 - Empreendedorismo inovador na universidade 

+Parte 4 - Empreendedorismo inovador na universidade: transformação do Ceará

De forma complementar, a Unifor também possui o Parque Tecnológico (TecFor) e o Espaço de Desenvolvimento de Empresas de Tecnologia (Edetec) como iniciativas importantes para dar suporte e estruturar negócios inovadores desenvolvidos por estudantes e por pesquisadores com expertise técnico-científica em parceria, inclusive, com grandes empresas.

Na Universidade Estadual do Ceará (Uece), vale destacar as ações da Incubadora de Empresas e Centro de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Uece (Incubauece) como importante iniciativa de estímulo e apoio a empreendedores no processo de geração, consolidação e crescimento de micro, pequenas e médias empresas no Ceará.

De forma complementar, em 2020, a Incubauece lançou o programa Ambiente de Empreendedorismo e Inovação da Uece, em parceria com a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico – SDE Fortaleza, voltado para a oferta de espaço de coworking, apoio metodológico à modelagem de novos negócios inovadores / startups, mentorias com especialistas e conexões qualificadas para empreendedores.

No âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, pode ser destacada a rede de incubadoras estruturada pela instituição para apoiar o processo de criação e desenvolvimento de novos negócios inovadores. A rede possui incubadoras com capilaridade tanto na Região Metropolitana de Fortaleza, como também no interior do Estado.

Movimento de estímulo ao empreendedorismo inovador nas IES tem crescido nos últimos anos no Ceará

Outras iniciativas de IES podem ser mencionadas como reflexo de uma preocupação cada vez maior das instituições para ofertarem capacitações e perspectivas empreendedoras aos seus corpos discentes e docentes, além de buscarem se conectar mais estreitamente com o universo empresarial, com as novas tendências tecnológicas e com as oportunidades do mundo do trabalho.

Por exemplo, o Centro Universitário Unichristus tem desenvolvido ações locais de apoio à realização da Semana Global de Empreendedorismo. Por sua vez, o Centro Universitário 7 de Setembro (Uni7) tem realizado eventos de fomento ao empreendedorismo universitário, tais como Startup Weekend Fortaleza e Hackathon Xperience FortBrasil. Já o Centro Universitário Farias Brito (FB UNI) tem atuado na promoção de eventos, na formação de uma Liga de Empreendedorismo e na oferta de capacitações sobre empreendedorismo e criação de startups, tendo como apoio o Hub de Inovação e Empreendedorismo (FB Ideias) do próprio grupo educacional.

Na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), foi recentemente formalizado o Centro de Empreendedorismo e Inovação (CEI) como projeto de extensão e foram criadas novas estruturas organizacionais para fortalecer a área na universidade.

Em movimento semelhante, o Centro Universitário Unifanor criou o seu Centro de Empreendedorismo e Inovação por meio de empresas juniores (EJs) constituídas e administradas por alunos e professores. Em anos recentes, o Centro Universitário Fametro (Unifametro) desenvolveu o projeto Mindset Universitário para Desenvolvimento de Empreendedores (MUDE) voltado para o fortalecimento da cultura empreendedora junto ao corpo discente.

Como um exitoso exemplo de iniciativa em prol do empreendedorismo universitário no interior do Estado do Ceará, podem ser citados o projeto Enactus da Universidade Federal do Cariri (UFCA), o Centro de Empreendedorismo (Cempre) da Faculdade do Vale do Jaguaribe (FVJ), em Aracati, a Incubadora de Empresas da Faculdade Luciano Feijão, em Sobral, e o Núcleo de Inovação e Empreendedorismo (Inove) do campus da UFC de Quixadá, focado na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Vale mencionar também que eventos e capacitações sobre a temática do empreendedorismo são organizados por importantes instituições de educação superior tais como a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), em Sobral, o Centro Universitário Inta (Uninta), em Sobral, o Centro Universitário Católico de Quixadá (Unicatólica), a Faculdade Ari de Sá, em Fortaleza, entre outras.

Finalmente, no âmbito da UFC, podem ser também ressaltadas ações recentes tais como a criação da Coordenadoria de Empreendedorismo no organograma da instituição, do Parque Tecnológico (Partec) e do Condomínio de Empreendedorismo e Inovação (CEI) como formas de facilitar e fortalecer as conexões o ambiente acadêmico e de pesquisa com as demandas do poder público e da iniciativa privada em prol do desenvolvimento de novas soluções e de negócios inovadores e sustentáveis para a sociedade.

Na próxima edição desta coluna, iremos apresentar e refletir sobre programas de bolsas de estímulo ao empreendedorismo inovador no âmbito de IES cearenses e em parceria com a iniciativa privada. Até a próxima!

Essa notícia foi relevante pra você?
Logo O POVO Mais