Logo O POVO Mais
Farol

O POVO é finalista do Prêmio Automação - Categoria Imprensa

O POVO está concorrendo com a reportagem "Automação e tecnologia: as armas contra a crise", de Áquila Leite
Edição Impressa
Tipo Notícia Por
A MERCADAPP já atende 170 supermercados no Brasil  (Foto: Aurelio Alves/O POVOS)
Foto: Aurelio Alves/O POVOS A MERCADAPP já atende 170 supermercados no Brasil

O Prêmio Automação - Categoria Imprensa divulgou nesta quarta-feira, 24, a lista de reportagens finalistas. O POVO figura no páreo, junto à Revista HSM Management e ao O Estado de S. Paulo. O ganhador será divulgado em evento, no dia 8 de dezembro, no espaço Tom Brasil, em São Paulo.

As reportagens selecionadas para a fase final do prêmio são “Automação e tecnologia: as armas contra a crise”, do repórter Áquila Leite, produzida por O POVO; “Por mais líderes mulheres na cadeia de suprimento”, de Kátia Simões, da Revista HSM; e “Healthtechs ganham espaço e mostram que estão saudáveis”, de Giovanna Wolf, Bruno Romani, Bruna Arimathea e Guilherme Guerra, do O Estado de São Paulo.

O concurso, promovido pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, prestigia o trabalho de jornalistas que se dedicaram a produzir matérias pautadas em soluções globais de tecnologia, automação, padronização de processos e códigos de produtos, identificação de uma forma geral e seus benefícios para a cadeia de abastecimento.

O POVO finalista

De autoria do repórter Áquila Leite, o material selecionado como um dos finalistas para o prêmio passou pela edição de Beatriz Cavalcante, editora-chefe de economia do O POVO, que atribui o trabalho feito em equipe o alcance do material à etapa final.

"Nessa matéria, a gente mostrou como a tecnologia e a inovação utilizadas nas empresas podem ajudá-las nos momentos mais críticos da pandemia. A nossa intenção foi mostrar como essas empresas estavam se movimentando durante esse período de crise e como essa inovação é um recurso para que elas possam inovar e não fechar. Então, a gente mostra as estratégias que essas empresas utilizaram na pandemia", explica Beatriz.

O trabalho foi executado pelo jornalista Áquila, que atualmente atua como assessor de imprensa da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE), Raone Saraiva, jornalista que, à época, era o editor de Economia no O POVO, além da edição final de Beatriz.

O prêmio é representado pelo Troféu Harpia, maior ave de rapina do Brasil. Além da premiação, também serão homenageados empresas e profissionais que se destacaram em projetos de automação como diferencial para seus negócios.

Matéria finalista do O POVO

- Episódio 1: Automação e tecnologia: as armas contra a crise 

- Episódio 2: Supermercados reduzem contato, aumentam delivery e apostam em rastreabilidade

- Episódio 3: Automação fiscal é alternativa para reduzir custos empresariais

- Episódio 4: Popularizado em lives, QR Code pode ser diferencial para empresas

Essa notícia foi relevante pra você?
Recomendada para você

"